Botafogo 2 x 1 Athlético - PR


Botafogo x Athletico-PR
Foto: Thiago Ribeiro

Não tem como começar esta crônica sem falar que hoje foi (está sendo dia dos pais) e não posso deixar de cometar que agradeço a Deus por permitir que meu pai estivesse comigo no dia de hoje! Meu pai que só bebe Brahma (e em garrafa) decidiu arriscar em desembarcar do ônibus e já ir direto para o setor leste para comprar o seu ingresso e (com preguiça de dar a volta até o setor oeste) bebeu latão mesmo (Brahma) no bar da loira que tem uma faixa que diz assim: "Constelação Alvinegra". Já no próximo parágrafo me anteciparei para falar de determinado jogador: Luiz Fernando.

Houve um momento do jogo que reclamei (na verdade foram alguns) do Luiz Fernando em algumas bobeiras que ele estava dando. Muitas das vezes me perco pensamentos durante o jogo e (já comentei isso aqui outras vezes) não vejo o lance de gol (ou um outro lance qualquer dito importante) e no jogo de hoje não foi diferente. Somente no carro, já na volta para casa que fui saber que o primeiro gol do Botafogo na partida foi do Luiz Fernando e eis que vem aquela frase: "nunca critiquei". Será que o Luiz Fernando seria capaz de me perdoar?

Li parte de uma reportagem aqui e, de fato (não que seja novidade), Gatito nos salvou bastante durante o jogo. Quando sofremos o primeiro gol, comentei com meu pai que não há goleiro que aguente tanta displicência de sua zaga; é muito bacana ver quando um jogador cala nossa boca: criticar o Marcinho (quando necessário) sempre critiquei de acordo com o que eu via nos jogos. Porém, vi muitos torcedores perseguindo o jogador e hoje (mais uma vez) Marcinho jogou bem (eu ia exagerar um pouco na opinião, mas é melhor deixar pra lá); prefiro não comentar sobre Marcelo desta vez e muito menos sobre o Kanu que eu nem se quer me dei conta de que havia entrado no lugar do Marcelo; Na volta para casa, conversando com os amigos, pude perceber que Joel Carli já não é tão unânime assim, mas gosto dele e prefiro me posicionar sobre suas atuações mais a frente; gostei da atuação do Gilson: torci muito por ele no jogo de hoje.

Cícero foi elogiado por alguns torcedores que estavam próximos a mim; gosto do João Paulo, mas já comentei aqui que, depois da lesão ele não é mais o mesmo; Num primeiro instante não achei que Gustavo Bochecha estivesse jogando bem, m as analisando melhor, não foi (esteve) de todo ruim, Jean entrou no lugar dele, mas me abstenho de fazer um comentário particular, mas ouvindo alguns torcedores, desses torcedores, houve quem dissesse que não foi uma boa apresentação do jogador.

Quem me acompanha sabe o quanto gosto do Pimpão. Para quem não sabe participo de dois grupos onde a galera é bastante participativa. Nesses grupos, sempre estão criticando Pimpão, mas sempre mesmo! Eu (assim como Marcinho)  critico, perseguir o jogador, não! Mas devo admitir que Rodrigo Pimpão caiu de produção; Não reparei em Lucas Campos, contudo para não deixar uma lacuna (abrirei uma exceção), conversando com alguns amigos, disseram que este jogador entrou bem no jogo; Por Fim, Diego Souza que foi bastante ativo durante o jogo e deixou o seu gol (de pênalti) selando a vitória do Botafogo.

Esta será a crônica que menos parágrafos utilizei. Termino comentando (como de praxe) sobre os amigos que encontrei durante o jogo. começando pelo lado de fora onde (também) fiz novos amigos; aqueles amigos que a gente faz (e conversa, comenta) durante e sobre o jogo e aquela farra (como diria um amigo meu) depois que o jogo termina! E, não poderia deixar de dizer que, meu pai (que não está tão habituado com as gírias dos dias atuais) pediu - me calma quando, eu já puto e no final do jogo, chamei o árbitro de "arrombado".

Saudações Alvinegras!


Botafogo 2 x 1 Athlético - PR Botafogo 2 x 1 Athlético - PR Reviewed by Thiago de Castro on agosto 11, 2019 Rating: 5

Nenhum comentário

Publicidade

FogoNotícias