Botafogo 1 x 0 Vasco


Botafogo x Vasco
Um dos nomes do jogo
Foto: Paulo Sérgio/Agência F8/Lancepress

Esta crônica poderia terminar aqui: antes mesmo de começar, no primeiro parágrafo pois, de certa forma, se formos analisar bem, o Botafogo jogou melhor no segundo tempo, encontrou o gol e manteve o pique. Em ligação direta da defesa (Carli) para o ataque (Pimpão na lateral esquerda), dominou, chutou para a grande área no peito de Diego Souza que dominou e chutou para dentro do gol: 1 x 0 Botafogo. Costumo (sempre) usar de sinceridade: não vi (durante a partida - algumas vezes meus pensamentos se dispersam do momento) que a jogada começou lá trás com Carli...foi já no carro voltando para casa, que o amigo que estava comigo informou sobre a participação do Carli no lance. Não irei citar o nome aqui, mas quando a crônica estiver pronta, que eu começar a  enviar o link, marcarei o nome dele.

Todos nós queremos que o nosso time vença, certo? Hoje de forma especial eu queria muito mais: acontece que os amigos com quem eu estava, levou o primo de 11 anos para assistir ao jogo do Botafogo: o primeiro jogo dele no estádio Nilton Santos! Quando chegamos por lá, a chuva havia diminuído ou talvez já nem estivesse chovendo; fomos com o menino até a entrada do estacionamento onde o ônibus entra na esperança de que o menino visse o time chegar, mas o ônibus já havia chegado fazia um tempo...A chuva começou a cair novamente, e parecia que iria vir intensa: fomos direto para dentro do estádio.

De forma particular, não gosto desse horário de jogo: como bem disse meu amigo, se o Botafogo perde, estraga nosso dia; quando é no fim da tarde (talvez) vamos (parafraseando Só Pra Contrariar) afogar "nossas mágoas em um copo de cerveja", voltar para casa e dormir...Esse mesmo amigo diria (visto como o Botafogo jogo no primeiro tempo) que este horário de 11 horas (zoeiras à parte) fazia parecer que os jogadores do Botafogo por quererem ter dormido mais, foram a campo com sono. Um outro amigo nosso (que havia chegado um pouco antes do jogo começar), concordou com essa parada do horário e eu disse que, caso o Botafogo perdesse, já poderíamos usar a desculpa do sono (e do horário) como justificativa! Era brincadeira, zoeira pré - jogo de estádio, mas há quem diga que toda brincadeira carrega um pouco de verdade (s).

Verdade seja dita: O Vasco jogou melhor o primeiro tempo. Não dei voz aos meus pensamentos e não sei o que você pensou ou vai pensar, mas pareceu - me ser um jogo de ataque contra defesa; a todas essas, o primo dos meu amigos tirava foto, comentava, filmava...tenho quase certeza que ele custará a esquecer o dia de hoje e que talvez, logo mais custe a dormir! O Vasco chutou mais a gol; o Vasco foi mais efetivo: mas a bola não entrava e nós tínhamos o Gatito para fazer as defesas necessárias; O Botafogo custou a chutar a gol de forma efetiva. Quanto a mim, achando que o Botafogo é um Barcelona, vendo aquele placar, comentei com meu amigo que não esperava que a  devolução daqueles 6 x 0 acontecesse hoje...

Eu não ia falar sobre o Gatito novamente, contudo, vendo a escalação, fala sobre o fato do nosso goleiro estar completando 100 jogos com a camisa do Botafogo; Gostei da atuação do Gabriel, esteve seguro e eu aproveito para deixar algumas questões: você foi contra ou a favor da vinda do Gabriel? Você acha ele melhor que o Igor Rabelo? Esqueça o fator monetário e as lambanças que o Botafogo faz neste sentido, responda do ponto de vista dentro das 4 linhas; Ouvi alguns torcedores reclamando do Fernando (nas minhas crônicas as opiniões de outros torcedores, sejam meus amigos ou não, tem voz) e, chegaram a relembrar Marcinho...Gilson (eu diria) para alguns torcedores não jogou bem, quanto a mim, ainda no primeiro tempo, pensei em dizer (quando escrevesse esta crônica) que ele foi o nome do jogo (um deles), oscilou em determinados momentos mas digo que sim, ele foi um dos nomes do jogo: sobrou disposição.

Houve quem dissesse que Cícero não estava jogando bem; houve quem dissesse que o João Paulo estava melhor que o Cícero; Houve quem dissesse que o João Paulo deveria sair do time; Houve quem dissesse que não podíamos reclamar do João Paulo uma vez que, ali pelo meio, ele tentava criar alguma coisa, mas a ajuda era a menor possível; Jean entrou perto do final da partida: perdeu algumas bolas bobas, mas nada que atrapalhasse o bom desenvolvimento do time no segundo tempo (já estávamos vencendo pela placar de 1 x 0); Bochecha saiu e deu lugar a Alan Santos. Sabe o amigo de 11 anos que foi pela primeira vez assistir ao jogo no estádio? Disse que o jogador estava bem e até descreveu o lance que ele gostou!

Luiz Fernando não fez uma boa partida e foi substituído por Rodrigo Pimpão que (tirando a trama do gol) fez uma boa partida: ainda há torcedor que não entende que (como eu tenho o costume de dizer), ruim com ele, pior sem ele e alguns outros também; Erik quase fez gol e eu diria (outro momento que não dei voz aos meus pensamentos), que no primeiro tempo ele estava carregando o time nas costas e, por fim, Diego Souza que se movimentou bastante: deu lençol, correu, cavou faltas...

Sou a favor do VAR, desde que os responsáveis estejam comprometidos com a verdade! Após o término do jogo, acessei a internet e alguns amigos comentavam que por qual motivo o VAR não foi acionado em pênalti claro em cima do Gilson? Como explicar, todos os comentaristas dizendo que foi pênalti e o árbitro em cima do lance, não ter considerado a possibilidade? Foda, não acha? Quem é mais incompetente: os que estão diante do VAR ou o árbitro no campo?

Durante e depois do jogo vi (como de praxe) alguns conhecidos. Participamos (como diz um amigo meu) daquela farra pós - jogo junto com a torcida. Sim , estávamos satisfeitos e no segundo tempo só deu BarçaFogo!

Saudações Alvinegras!


Botafogo 1 x 0 Vasco Botafogo 1 x 0 Vasco Reviewed by Thiago de Castro on junho 02, 2019 Rating: 5

Nenhum comentário

Publicidade

FogoNotícias