Botafogo 4 x 1 Portuguesa - Desculpe - me a demora!


Botafogo x Portuguesa
Seguimos vivos
Foto: Vitor Silva/SSPress/Botafogo

A aula na faculdade havia acabado cedo: chovia no Méier. Um amigo (tão botafoguense quanto eu) e eu apertamos nossos passos e (sem abrir guarda chuva - pra quê?) partimos para a estação do bairro. Sugeri irmos para o último vagão para ficar mais próximo da escada. Infelizmente o amigo não poderia ficar para assistir ao jogo...ao desembarcar, os passageiros eram informados que aquela escada só daria acesso para as outras plataformas, logo, eu não poderia sair mais perto do meu setor; andei até a outra extremidade da estação e desci na rampa que fica mais próxima do setor oeste e tive que fazer todo o caminho de volta para chegar no setor leste! Campanha irregular, tempo ruim, tirando o policiamento, estava bem deserto: andei o mais rápido que pude. Após ser revistado, passei pela roleta e entrei.

Não posso falar muita coisa do primeiro tempo: exceto que foi péssimo, horrível, tenebroso! Como diria uma amiga minha no final do jogo: "somos persistentes". Essa amiga é uma daquelas que eu sempre comento por aqui com as quais assisto o jogo junto: a outra amiga e um outro amigo que se faz sempre presente também estavam por lá! Conheci um amigo das redes sociais pessoalmente (com o qual tiraria umas fotos no intervalo do jogo); iria cumprimentar um outro que estava bem próximo a mim; viria outros dois de longe e cumprimentaria um amigo de longa data e sim, estou enxugando gelo. Quase que me esqueço: houve um pênalti contra o Botafogo (mal marcado por sinal) e muita discussão; pelo menos um torcedor rival (amigo meu) disse que para ganharmos da "poderosa" Portuguesa foi preciso "garfá - los". Ficou comprovado que não foi pênalti e disse ao referido amigo que, ele não deveria questionar, afinal, o time dele é o time que bate no peito com orgulho para dizer: "roubado é mais gostoso".

Sabe o amigo que citei lá no primeiro parágrafo? Antes de eu continuar, deixa eu dizer algo: eu não ia escrever esta crônica: escrevi de forma mais objetiva e sucinta no facebook; não que eu não quisesse vir aqui e publicar, não é isso! É que estou atarefado com as coisas da faculdade e esta crônica era para ter saído ontem, mas fiquei sem tempo hábil, mas como gosto de escrever, meus dedos coçaram e cá estou eu...voltando ao início deste parágrafo: o amigo em questão disse que no gol da Portuguesa o "angulo estava aberto". A cena (o lance) do gol da Portuguesa me veio a mente após o amigo ter me dito isso e sim, lembro que Diego Cavalieri estava distante, contudo, acho que a zaga vacilou também; Foi com assistência de Marcinho (sim, Marcinho!) que Diego Souza marcou seu primeiro gol com a camisa do Botafogo: em dois jogos, ele já marcou seu primeiro gol! Seguindo a linha de raciocínio de um amigo meu, após ler um comentário dele nas redes sociais, concordo com ele quando ele diz que o torcedor parece já estar indo pré - disposto a ir vaiar o jogador; Houve um lance que eu o critiquei: ele perdeu uma bola que se saísse o gol, ele seria o culpado, mas depois eu me acalmei. Já no final do jogo, o Botafogo ganhando de 4 x 1, o Marcinho colocava o pé na bola e tinha torcedor vaiando e (tirando o lance que eu citei ainda pouco) até que ele não jogou tão mal...não reparei no Marcelo, mas alguns torcedores próximos a mim disseram que ele não estava bem; quanto ao Gabriel o vi brigar (defensivamente) algumas bolas e tem sido regular; Jonathan foi guerreiro: correu bastante e lutou por cada bola para que não se perdesse.

Alex Santana vem se destacando no time do Botafogo e de forma positiva! No jogo contra o Defensa y Justícia pela copa sul americana havia visto seu chute potente lá da altura do meio de campo e na quinta - feira eu tive a oportunidade de ver no estádio: puta que pariu, que porrada! Cícero não vem jogando bem e foi substituído (acho que ele foi substituído pelo Wenderson - não lembro ao certo); Gustavo Ferrareis (autor do segundo gol) jogou e jogou muito, até ser substituído por João Paulo (ah, é João Paulo!), minha amiga disse que 15 minutos era muito pouco para ele jogar, que deveria estar jogando a mais tempo e o jogo estava na marca dos 30: 15 minutos foi o suficiente para ele incendiar o jogo com GARRA e determinação: jogou pra caralho! Rodrigo Pimpão (como sempre quando joga bem, está ligado) manteve sua aplicação e boa vontade: se movimentou bastante e foi em um lance do qual ele participou que saiu o gol quarto gol do Botafogo (contra por sinal).

Erik não estava jogando bem e foi substituído por Luiz Fernando que pouco acrescentou: não vem fazendo boas partidas, não tem conseguido reeditar o seu bom futebol do ano passado; quanto ao Diego Souza, dizem que está fora de forma, mas o autor do primeiro gol foi dele. Arrisco - me a dizer que, se tivesse mais um pouco de tempo, o Botafogo encaixaria o quinto gol!

O que o Botafogo precisa para chegar à semi - final da taça Rio? Ganhar com uma diferença de 3 a 4 gols aproximadamente do Americano; Torcer para a Cabofriense perder ou empatar; torcer para o Fluminense ganhar o clássico contra o Flamengo! Eu acredito, e você?

Saudações Alvinegras!


Botafogo 4 x 1 Portuguesa - Desculpe - me a demora! Botafogo 4 x 1 Portuguesa - Desculpe - me a demora! Reviewed by Thiago de Castro on março 23, 2019 Rating: 5

Nenhum comentário

Publicidade

FogoNotícias