Botafogo 0 x 0 Santos - Recomeço


Botafogo x Santos
Foto: Celso Pupo / Fotoarena

É sempre bom ouvir sugestões de quem entende do assunto, mas não será nesta crônica que as porei em prática. Tudo começa na entrada da minha faculdade quando converso com o vigia da minha faculdade (um deles) que entende de futebol e (principalmente) de Botafogo: me deu uma mini aula; como minhas aulas na faculdade retornam na próxima segunda - feira (dia 06) passei em uma papelaria para comprar caderno, caneta, ponta para lapiseira e algo mais: quem me atendeu foi um botafoguense! Pensei que talvez fosse um bom presságio... para não me alongar muito (almocei no La Morriquita), restaurante que fica nas esquinas do setor oeste com norte e revi (já na saída) meu amigo Oriel (já me disseram para não citar nomes pois o amigo leitor não irá reconhecer), espero que me perdoem apenas hoje. Depois disso, parti para o estádio onde fui esperar por alguns amigos. Enfim, vou quebrar o protocolo apenas neste parágrafo...

Logo antes da partida começar, amigo novo no pedaço e aquele gelo de lei. Um dos amigos disse não entender o motivo de eu estar de casaco se fazia sol: expliquei que quando saí de casa estava chovendo e que esta era a mesma razão por eu estar de calça jeans. Em seguida, encontramos mais um novo amigo que (sem querer) viria a assistir ao jogo conosco. Fomos para o lugar de costume, sendo que desta vez, o grupo separou - se.

Ainda sem técnico, Bruno Lazaroni (interino) assumiria o comando do time. Uma coisa ficaria clara: o problema do time (não necessariamente), não era o time, mas sim o técnico: Paquetá volta a ser uma ilha simpática (a qual nunca fui e tenho vontade de conhecer um dia) na Baía de Guanabara. O time fez o que tinha de fazer para derrubar o técnico pois, como se explica os mesmos jogadores da era "Tigrão" e Valentim fazerem o jogo que fizeram hoje? Apesar do empate, como diria um amigo meu: "estou mais feliz do que pinto no lixo"! Mas qual seria a razão (talvez) deste exagero? O Botafogo voltou a jogar com GARRA, com vontade e isso é muito bom...será que posso voltar a me iludir? O placar moral desta partida de hoje seria a vitória do Botafogo, mas a arbitragem não deixou...

Nosso goleiro Saulo fez uma defesa de tirar o folego no segundo tempo: não irei discordar e como sempre respeitar a opinião daqueles que fizeram e fazem tal comentário, mas alguns amigos disseram que o Saulo não é tão bom assim, que não confiam nele, é claro que estou usando minhas palavras, mas uma coisa é certa: precisamos de um goleiro de referência e este goleiro é o Gatito;
Pode não ter sido perfeito, mas o Marcinho voltou a fazer uma partida razoável e ao meu ver, jogou bem: houve quem dissesse (do meu grupo de amigos) que (pelo menos) Marcinho é melhor do que Luis Ricardo;
Joel Carli (como sempre ou na maioria das vezes, ou ainda - pelo menos no jogo de hoje) um monstro na defesa: uma das melhores partidas dele; 
Igor Rabello esteve seguro; Yuri (jogador oriundo da base) entrou e entrou bem;

Não acho que Rodrigo Lindoso tenha feito uma mal partida e digo isso pois (vamos pôr desta forma) dado o esforço dele em acertar, eu o incentivei do meu lugar lá na arquibancada; 
Matheus Fernandes hoje pode não ter sido perfeito, mas fez o melhor que podia e (ao meu ver) não decepcionou;
Luiz Fernando foi um jogador que (na partida de hoje) foi menos criticado pela torcida e até (com ressalvas) elogiado: como eu disse no complemento do título da crônica - recomeço e que seja para a melhor! Será que posso voltar a me iludir?

Léo Valencia (que foi substituído por Renatinho) mostrou Garra (como eu gosto desta palavra) e disposição e para os amigos que estavam próximos a mim (assim como alguns outros torcedores) pelo menos no que diz respeito ao Renatinho, das poucas opiniões que ouvi, este jogador entrou bem e de minha parte, Léo Valência teve os meus sinceros agradecimentos hoje!
Como sempre, sou suspeito para falar de Rodrigo Pimpão: acho que fez uma boa partida, apesar de alguns acharem que não (o que pesa para mim é a entrega deste jogador em campo) e as palmas quando de sua substituição se fez valer mais do que as vaias de alguns...
Quanto ao Aguirre, não sei em que momento do jogo ele entrou e até por isso não posso avaliá -lo, mas lembro de ter dito para um dos meus amigos que seria uma boa  a entrada dele, se ele fizesse metade do que fez na última partida.

O Kieza jogou hoje? Bem objetivo este parágrafo, não acha? Não ouvi ninguém falar nome dele!

E para terminar (sobre o jogo especificamente), nunca vi uma arbitragem tão filha da puta como a de hoje! O árbitro valida o gol; o bandeirinha diz que não foi gol: viu impedimento! O árbitro valida novamente e depois desvalida: Que porra é essa? Os xingamentos foram os mais variados possíveis, imagináveis e inimagináveis! Mas o Botafogo pode acabar |(a primeira palavra que me veio a mente foi esta) se fodendo devido a três latinhas de cerveja que voaram para o campo! Um dos meus amigos ficou durante um bom tempo bem exaltado...

Para relaxar, nada melhor do que beber a saideira! Mas o bom foi ver é que (talvez) o Botafogo ainda tenha solução nesta temporada: será que posso voltar a me iludir?

Saudações Alvinegras!
Botafogo 0 x 0 Santos - Recomeço Botafogo 0 x 0 Santos - Recomeço Reviewed by Thiago de Castro on agosto 04, 2018 Rating: 5

Nenhum comentário

Publicidade

FogoNotícias