Por quebra de jejum e liderança da chave, Botafogo vai até a Colômbia enfrentar o Atlético Nacional

(Foto: Vitor Silva/SSPress/Botafogo)
Sem vencer uma partida internacional oficial fora de casa a 24 anos, Alvinegro precisa da vitória para seguir líder do Grupo 1 da Liberta



Demissão do departamento médico, desfalques e maratona de jogos. O Botafogo passará por diversas provas de fogo nas próximas semanas, e a primeira delas será na noite desta quinta-feira, quando o Glorioso irá até Medelín, enfrentar o Atlético Nacional, no Estádio Anastásio Girardot. A partida que terá início às 21h50m é válida pela segunda rodada do Grupo 1 da Conmebol Libertadores Bridgestone.

Além de precisar da vitória para ficar com a liderança do grupo, caso consiga um resultado positivo, o Botafogo pode quebrar uma escrita de 24 anos sem vencer um jogo oficial fora do Brasil. A última vitória foi contra o Caracas, da Venezuela, pela Copa Conmebol de 1993. Competição que o Alvinegro acabou sendo campeão sobre o Peñarol-URU nos pênaltis.

JAIR BANCA CAMILO COMO TITULAR E PÕE PANOS QUENTES EM POLÊMICA

O Botafogo aterrissou em solo colombiano na última terça-feira. Após comandar um treino regenerativo e conhecer o gramado, o técnico Jair Ventura concedeu entrevista coletiva, no qual o assunto “Camilo” não foi carta fora do baralho.

Mostrando tranquilidade, Jair fez questão de bancar a presença do camisa 10 na partida desta noite e minimizou o acontecido.

Camilo será o responsável pela criação de jogadas (Foto: Vitor Silva/SSPress/Botafogo)
- Primeiro a conversa foi normal porque não aconteceu nada. Acho que se precipitaram antes de perguntar a gente e fizeram uma onda maior do que ela era. O Camilo é diferenciado, meu camisa 10 é importante em qualquer posição em campo. Você que está escalado. Pode ser que ele jogue amanhã. Fizeram uma situação que ele seria barrado. Se ele for barrado, me cobra.

ADVERSÁRIO: Invicto no campeonato de seu país, o Atlético Nacional é o atual campeão da Conmebol Libertadores Bridgestone. Porém, o time que jogará esta noite é bem diferente do time campeão em 2016. Apesar do "desmanche", o Nacional ainda conta com jogadores de muita qualidade, como o camisa 10 Macnelly Torres e o atacante Dayro Moreno, artilheiro do Campeonato Colombiano, com 5 gols. Os desfalques ficam por conta do zagueiro Felipe Aguilar e do meia Matheus Uribe.

DESFALQUES: para a partida de hoje, o Botafogo não poderá contar com o zagueiro Marcelo, o volante Airton e o meia Montillo, que estão lesionados.

QUEM APITA: O paraguaio Ulises Mereles será o árbitro da partida.

CURIOSIDADE: O Botafogo será a primeira equipe brasileira a jogar no Estádio Anastásio Girardot após a tragédia com o avião da Chapecoense, em novembro de 2016.


PROVÁVEIS ESCALAÇÕES:

Escalação do Botafogo: Gatito; Emerson Santos, Joel Carli, Emerson Silva e Victor Luis; Bruno Silva, Rodrigo Lindoso, João Paulo e Camilo; Rodrigo Pimpão e Roger. Técnico: Jair Ventura.

Provável escalação do Atlético Nacional: Armani; Bocanegra, Nájera, Henríquez e Farid Diaz; Bernal, Arias, Ibarguen, Torres e Mosquera; Ruiz. Técnico: Reinaldo Rueda

Ficha Técnica:

Conmebol Libertadores Bridgestone
Grupo 1 – 2ª rodada
Estádio Anastásio Girardot – Medellín-COL
Data e hora: 13/04/2017 – 21h45 (de Brasília)
Árbitro: Ulises Mereles (Paraguai)

Por quebra de jejum e liderança da chave, Botafogo vai até a Colômbia enfrentar o Atlético Nacional Por quebra de jejum e liderança da chave, Botafogo vai até a Colômbia enfrentar o Atlético Nacional Reviewed by Informe Botafogo on abril 13, 2017 Rating: 5

Nenhum comentário

Publicidade

FogoNotícias