Enfim, a bola entrou. Era o que estava faltando.

Como eu sempre vinha falando, em um campeonato nivelado por baixo, as vezes um jogador faz toda diferença, e o primeiro dos três reforços ontem fez. Camilo comandou o meio de campo alvinegro e trouxe uma excelente vitória para casa, mesmo com todos os contras (inclusive da sua torcida), o time conquistou uma convincente vitória (CONVINCENTE SIM).

Os pessimistas vão dizer que o Inter jogou de igual para igual com menos um, eu vou dizer que com 11 contra 11, o Inter não deu nem pro café da manhã. Considero normal a pressão do Inter no segundo tempo, estádio cheio, time brigando pela ponta, qualquer postura diferente daquela apresentada no segundo tempo, seria no mínimo estranha.

A diferença entre o jogo de ontem e os demais até o momento é que, a bola entrou no primeiro ataque. Faz diferença chegar na frente e fazer o gol, isso abre o outro time. Quando você chega e não faz, e pior, quando o outro faz, o nervosismo toma conta, ainda mas para um time sem confiança como esse Botafogo.

Bom, o lado negativo dessa excelente vitória, fica para o individualismo e a vaidade de alguns jogadores. Fernandes perdeu um gol incrível, com um companheiro do lado, sem goleiro. Neilton, apesar de ter feito uma de suas melhores partidas com a camisa do Botafogo, peca no individualismo excessivo, algo que precisa ser trabalhado pelo nosso treinador.

Continuamos na zona, mas com fortes indícios de reação. Volto a dizer, esse time completo, tem vaga entre os dez melhores, basta ver o nível dos jogos. Quero ressaltar também que, apesar das boas atuações de Sidão, Jefferson ainda faz uma BAITA falta. Concordo que, se Sidão tivesse desde o início, talvez não tivéssemos jogado tantos pontos fora, mas comparar com Jefferson, é impossível.

Agora, o que tenho lido muito por ai, é sobre essa implicância excessiva e desnecessária com a diretoria do Botafogo. Diretoria é assim, acerta, mas também erra. Essa diretoria tem inúmeros defeitos, muitos mesmo, mas isso não é exclusividade do Botafogo, todas as diretorias erram  e são criticadas, mas não se pode continuar com essa perseguição excessiva, simplesmente por que nosso presidente não arromba nossos cofres e pagar as nossas dívidas.

Dizer que Camilo e Pimpão não foram regularizados por que a diretoria é incompetente, é o cúmulo da falta de informação e do excesso de perseguição, atitudes que essas, que não engrandecem em nada a instituição. Como sempre digo: Quer ser popular? Seja um pessimista bem critico, não tem receita melhor. Se esses mesmos, colocassem metade dessa disposição em criticar,  na disposição de ser sócio ou de comparecer aos jogos, teríamos um patrocinador master e o triplo de jogos em TV aberta. Sem contar que, não seríamos chacota nacional em termos de torcida.

Já temos estádio, se a torcida abraçar, nossas chances de sair dessa situação aumentam absurdamente. Cabe a você, Botafoguense, escolher o que você quer pro seu time. Não vá na contra-mão de suas vontades, isso não é nada coerente.

Quinta, mais três pontos dentro do Mineirão para engrenar no campeonato. Até lá Botafoguense...
Enfim, a bola entrou. Era o que estava faltando. Enfim, a bola entrou. Era o que estava faltando. Reviewed by Leonardo Machado on junho 27, 2016 Rating: 5

Nenhum comentário

Publicidade

FogoNotícias