DERROTA COM O AMARGO SABOR DA CERVEJA

Foto: Vitor Silva / SS Press

Em dia de retorno da bebida alcoólica, Botafogo perde com gol de pênalti mal marcado.


O alvinegro carioca começou mal e errando já na saída de bola. Rafael Costa aproveitou, mas bateu por cima do gol. O Vozão continuou no ataque e fez o goleiro Jefferson trabalhar, mas sem grandes problemas. O Botafogo tentava atacar mas não conseguia concluir os ataques e sempre esbarrando na consistente defesa cearense. 

O meio campo do Fogão, com Tomas vestindo a 10, tendo a responsabilidade de armar as jogadas, pouco criou. O meia Octávio, muito vaiado pela torcida, parecia perdido em campo e errava passes bisonhamente. O Botafogo foi para o vestiário sem acertar nenhuma finalização no gol, contra três do Ceará.

Após triunfo no último jogo, o técnico Ricardo Gomes resolveu usar a mesma tática e na volta para a etapa final, sacou o garoto Octávio e lançou o experiente Daniel Carvalho. Mas desta vez, o adversário era outro, e o meio campista, bem marcado, não conseguiu criar grandes jogadas.

O Fogão até tentou alguns ataques pelos flancos com os laterais Carleto e Luis Ricardo, ambos em noite apagada, e não conseguiram êxito nos cruzamentos. 

Aos dez da segunda etapa, após bela troca de passe, Rafael Costa deu belo passe para Alex Amado. O atacante tentou driblar o goleiro Jefferson, mas adiantou demais a bola e se jogou. O árbitro marcou pênalti inexistente. Rafael Costa cobrou e marcou.

Apático, o Botafogo não conseguiu reagir. Ricardo Gomes usou as duas substituições restante e colocou os atacantes Ronaldo para estrear e Sassá, no lugar de Neílton e Tomas, mas de nada adiantou.

Aos quarenta e cinco, o zagueiro Carlão foi expulso por reclamar de falta de fair play de Daniel Carvalho. Mas o placar já estava definido, e o Botafogo terminou o jogo com mais uma derrota dentro casa.

O Glorioso segue líder com 59 pontos, seguido do Vitória com 56. O Ceará ocupa a 17ª posição com 29 pontos. No próximo sábado, o Botafogo enfrenta o Náutico, às 17h30 na Arena Pernambuco pela 32ª rodada.

FICHA TÉCNICA:


BOTAFOGO 0 X 1 CEARÁ
LocalEstádio Nilton Santos, no Rio de Janeiro (RJ)
Data e Hora: 20/10/2015 - 21h (de Brasília)
Público e renda6.736 pagantes, 7.703 presentes R$ 177.735,00

Cartões amarelos: Sandro (Ceará), Jefferson e Neílton (Botafogo)
Cartão vermelho: Carlão (Ceará)
Gols: Rafael Costa, aos 11'/2°T (0-1)

Botafogo: Jefferson, Luis Ricardo, Renan Fonseca, Roger Carvalho e Carleto; Rodrigo Lindoso, William Arão, Tomas (Sassá, aos 291/2°) e Octávio (Daniel Carvalho, intervalo); Neílton (Ronaldo, aos 20'/2°T) e Navarro. Técnico: Ricardo Gomes.

Ceará: Éverson, Tiago Cametá, Sandro, Carlão e Victor Luís; Baraka, João Marcos, Ricardinho e Wescley (Fabinho, aos 35'/2°T), Alex Amado (Julio Cesar, aos 23'/2°T) e Rafael Costa (Wellington Carvalho, aos 48'/2°T). Técnico: Lisca.

Por: Renan Guedes
DERROTA COM O AMARGO SABOR DA CERVEJA DERROTA COM O AMARGO SABOR DA CERVEJA Reviewed by Renan Guedes on outubro 21, 2015 Rating: 5

Nenhum comentário

Publicidade

FogoNotícias