Robeeerrrto Cavaaalo!

Na noite de terça-feira, quando o Botafogo enfrentou o Oeste em partida válida pela sétima rodada da série B, havia uma figura conhecida dos torcedores botafoguenses mais antigos e que frequentaram as arquibancadas nos anos 90: Roberto Cavalo. Os mais novos podem até nunca ter ouvido falar dele até então, mas aqui vai uma breve contextualização de quem é ele. Roberto Cavalo chegou em 1994 como uma das principais contratações daquela temporada ao lado do atacante Túlio, com o passe comprado por US$ 150 mil aos 30 anos de idade.

Foto: reprodução internet
Teve como principais feitos o título da Copa do Brasil em 1991 pelo Criciúma e o vice campeonato brasileiro em 1993 pelo Vitória, sendo premiado com a Bola de Prata pela revista Placar no mesmo ano, de onde partiu para General Severiano para a disputa do Campeonato Carioca no ano seguinte. Volante, camisa 8 às costas, tinha como principal característica o chute forte e suas cobranças de falta. Daí o apelido que ficou conhecido.

A torcida botafoguense pôde comemorar alguns gols de falta com a "patada do cavalo", mas foram poucos. Ficou uma temporada e marcou apenas cinco gols (fonte: Wikipedia), rumando para o Sport Recife em 1995. A nível de comparação, Túlio, por exemplo, fez 14 gols apenas no Carioca daquele ano, sendo o artilheiro ao lado de Charles, do Flamengo.

Foto: reprodução internet (eu lembro dessa foto. Mais alguém lembra?)
Encerrou a carreira de jogador em 97, iniciou a de treinador em 98 pelo Avaí e, após rodar em muitos clubes do Brasil, está em sua terceira passagem pelo Oeste, clube de Itápolis e que vem mandando seus jogos em Osasco na competição desse ano, após parceira com o clube e prefeitura local. Na memória, fica a lembrança do grito da torcida (no título dessa postagem) e que alguns leitores que vivenciaram essa época poderão recordar. Hoje, que possa fazer bons trabalhos nos clubes que passar e ser reconhecido caso faça uma campanha digna. Posso ter a convicção que esse é o desejo de boa parte da torcida botafoguense, que tem como uma de suas características peculiares reverenciar seus jogadores que tanto nos honraram e seu passado.

Foto: reprodução internet

A partida? Mais três pontos na conta do Pimpão. É a terceira partida fora de casa que o Pimpão faz o gol da vitória. Aliás, como o camisa sete não esteve presente no empate contra o Atlético-GO no Mané Garrincha por estar suspenso, podemos dizer que ele, até o momento, está com 100% de aproveitamento na Série B.

Um abraço "pimposo" a todos os botafoguenses!

Foto: Miguel Schincariol
Por: Thiago Hildebrandt.
Robeeerrrto Cavaaalo! Robeeerrrto Cavaaalo! Reviewed by Thiago Hildebrandt on junho 10, 2015 Rating: 5

Nenhum comentário

Publicidade

FogoNotícias