Heróico! Nos acréscimos e com dez, Botafogo vence no Sul e volta a ser líder

Em Curitiba e jogando com dez desde os vinte e nove minutos da etapa final, o Botafogo conseguiu uma grande vitória contra o Paraná, a segunda consecutiva no campeonato, e assume a liderança - ao lado do Náutico. Na próxima partida, sexta, 21h50, o Botafogo recebe o lanterna Mogi Mirim.

Foto: Giuliano Gomes
Com Jefferson na Seleção Brasileira e sem Carleto e Daniel Carvalho, Renan assumiu a meta mais uma vez e Diego Rosa e Diego Jardel foram os substitutos, respectivamente. O jogo começou morno (ou melhor, frio, assim como a temperatura na capital paranaense) e, aos poucos, o Botafogo foi assumindo o protagonismo da partida.

E na sua primeira boa chance, Elvis escapou pela direita, cruzou, Bill se antecipou à zaga e fez Botafogo um a zero - a arbitragem acabou assinalando contra do zagueiro paranista. Mesmo com a vantagem no placar, o Botafogo continuava em cima para ampliar o marcador, enquanto o Paraná não se encontrava. Mas aos 38, pênalti para os donos da casa assinalado corretamente pela arbitragem. Eder desceu pela direita do ataque, cortou para dentro e Diego Rosa cometeu a infração. O atacante Fernando Viana cobra no lado esquerdo, Renan cai no direito e tudo igual: um a um aos quarenta minutos.

Foto: Giuliano Gomes 
Na volta do intervalo, o Paraná começou em cima e, se não fosse o Renan, teria virado a partida. Foram, ao menos, três grandes intervenções do camisa um alvinegro. As substituições de Diego Jardel e Elvis para as entradas de Lulinha e Tomas, respectivamente, surtiram pouco efeito e o Botafogo continuava apático na partida.

Após vinte minutos de etapa complementar, o Paraná diminui seu ritmo e, a partir desse momento, o Botafogo começava a chegar com mais frequência em seu campo de ataque. Todavia, aos 29 minutos, Arão comete uma infração no meio-campo, reclama, recebe amarelo, continua reclamando e recebe o segundo cartão em seguida: era o vermelho e deixa o Botafogo com dez.

Foto: Gustavo Rotstein, via Twitter
Aos 34, René tirou Bill e colocou Roger Carvalho, retornando após um longo período inativo. E a mudança foi acertada. Com ela, adiantou Diego Giaretta para a linha de meias e o Botafogo começou a ganhar mais pelo alto em bolas cruzadas em sua área. O Paraná ainda colocou mais um atacante em sua última substituição, mas foi ineficiente.

Quando o empate já era um bom resultado ao Botafogo, Renan Fonseca cobrou uma falta em nossa intermediária de defesa, o zagueiro adversário falhou, a bola quicou no gramado, Pimpão finalizou de primeira e, com a colaboração do goleiro, fez o gol da vitória alvinegra. Mais um gol de Pimpão de valeram três pontos para o Botafogo.

Foto: Giuliano Gomes.
Grande atuação do Renan na noite em Curitiba. René extremamente feliz em sua última substituição. E o Rodrigo Pimpão tornando-se o principal personagem da noite ao fazer o gol da vitória em sua cidade natal. Quatro jogos em cinco jogos e liderança dividida. Na próxima partida, provavelmente com o retorno de Daniel Carvalho e com o Arão se juntando ao Jefferson e ao Carleto como desfalque, o Botafogo pode engatar a terceira vitória seguida em casa e, caso o Náutico tropece na rodada, ser o líder isolado. O trabalho continua sendo bem feito.

FICHA TÉCNICA

PARANÁ 1 X 2 BOTAFOGO

Local: Durival de Britto, Curitiba (PR).
Data / Hora: 02-junho-2015 / 21h50 (de Brasília).
Árbitro: André Luiz de Freitas (GO).
Assistentes: Cristhian Passos (GO) e Jesmar Benedito (GO).
Renda / Público: R$ 76.255,00 / 3.865 presentes (3.220 pagantes).
Cartões amarelos: Washington, 19’/2º.T, Rafael Costa, 19’/2º.T, e Zé Roberto, 21’/2º.T (Paraná); Diego Giaretta, 3’/1º.T, Bill, 26’/1º.T, Marcelo Mattos, 32’/1º.T, Renan, 39’/1º.T, e Willian Arão, 29’/2º.T (Botafogo).
Cartão vermelho: Willian Arão, 29’/2º.T (Botafogo).
Gols: Zé Roberto (contra), 27'/1º.T (0-1), Fernando Viana, 40'/1º.T (1-1), e Rodrigo Pimpão, 47'/2º.T (1-2).

PARANÁ: Murilo Prates; Luis Felipe, Zé Roberto, Léo Coelho e Fernandes; Jean (Rafael Carioca, 34'/2º.T), Eder (Yan Philippe, 40'/2º.T), Washington e Rafael Costa (Marcos Paraná, 22'/2º.T); Fernando Viana e Henrique. Técnico: Nedo Xavier

BOTAFOGO: 1- Renan; 4- Gilberto, 3- Renan Fonseca, 2- Diego Giaretta e 6- Pedro Rosa; 5- Marcelo Mattos e 8- Willian Arão; 11- Diego Jardel (17- Lulinha, 12'/2º.T), 10- Elvis (19- Tomas, 26'/2º.T) e 7- Rodrigo Pimpão; 9- Bill (13- Roger Carvalho, 35'/2º.T). Técnico: René Simões. Suplentes não utilizados: 12- Helton Leite, 14- Camacho, 15- Luís Ricardo, 16- Fernandes e 18- Henrique.

Por: Thiago Hildebrandt.
Heróico! Nos acréscimos e com dez, Botafogo vence no Sul e volta a ser líder Heróico! Nos acréscimos e com dez, Botafogo vence no Sul e volta a ser líder Reviewed by Thiago Hildebrandt on junho 03, 2015 Rating: 5

Nenhum comentário

Publicidade

FogoNotícias