Coluna da Thamyres Inácio: QUE SUFOCO!


Ufa! Agora podemos respirar, mas não por muito tempo.

Olá alvinegros,
que semana eletrizante, dois jogos decisivos, verdadeiros testes pra cardíaco, jogos sofridos e heroicamente vencidos.

No sábado 18/04, no Estádio Nilton Santos as 18:30, tivemos nosso segundo jogo pela semi final do carioca contra o Fluminense que venceu o primeiro jogo por 2x1 com gols de Fred. Nosso único objetivo era a vitória por 2 gols de diferença para que a classificação viesse sem que precisasse ir a disputa de pênaltis. Logo aos 6 minutos do 1° tempo, Fernandes abre o placar para o Botafogo, o que deu mais confiança ao time e esperança aos torcedores, mas o alívio de verdade veio somente aos 23 minutos quando Bill ampliou o placar e levou a torcida gloriosa à loucura! Esse resultado nos dava a classificação, mas tinha algo estranho... Jogo do Botafogo sem sofrimento, sem emoção, sem friozinho na barriga, não é Botafogo né? E aos 44 minutos do primeiro tempo o desespero começa... Juiz marca pênalti do goleiro Renan em cima do Kenedy e Jean cobra com sucesso, era o gol que dava vida ao tricolor carioca na luta pela vaga na final.

O segundo tempo com chances de ambos, porém nenhum dos dois balançou a rede, o fim da partida se aproximava e o desespero aumentava, jogadores cansados, com dores e que não se abateram em momento algum, a raça demonstrada pelo elenco era uma coisa surreal, nada os abateu, os últimos minutos foram totalmente de raça. Esgotamento físico algum fez com que a vontade dos jogadores diminuísse e a partida teve seu fim com o mesmo placar do primeiro jogo, mas agora "favorecia" o alvinegro, o que levava a partida a disputa dos pênaltis.
E convenhamos, QUE DISPUTA!

Haja coração né? E as disputas de pênaltis foram longe, chegando às cobranças alternadas e só acabou com a cobrança dos goleiros. Cavalieri isolou sua cobrança, deixando a classificação nas mãos ou melhor, nos pés de Renan, aquele que talvez fosse o vilão do jogo, passou a ser herói. Nos levou a final do campeonato depois de uma boa cobrança e saiu de vilão a herói, a estrela da partida, uma classificação merecida, pela raça dos jogadores, por em momento algum terem desistido.




Pra muitos é "apenas a final do carioca", para os alvinegros é a prova de que mesmo contra todos os contras, o Botafogo jamais vai acabar - como diziam alguns - e agora o foco é na final. A primeira partida será no domingo, dia 26/04 ás 16:00 no Maracanã, onde enfrentaremos o Vasco da Gama.

   O Botafogo precisa de nós, domingo é dia de Fogo no Maraca.



Por:
Thamyres Inácio

Coluna da Thamyres Inácio: QUE SUFOCO! Coluna da Thamyres Inácio: QUE SUFOCO! Reviewed by Thamyres on abril 21, 2015 Rating: 5

Nenhum comentário

Publicidade

FogoNotícias