COLUNA DO BRUNO SOUZA: Os anseios do torcedor botafoguense.

O fim da era Maurício Assumpção chegou, para a alegria da maioria dos torcedores botafoguenses. Uma nova era se inicia com o novo presidente Carlos Eduardo Pereira à frente do clube. Esse novo comando, reacende a chama da esperança do torcedor alvinegro de ver um Botafogo forte, e mesmo sabendo das dificuldades financeiras do clube, o torcedor tem vários anseios para o futuro do Botafogo.

Todos os torcedores são conhecedores da precária saúde financeira do clube, mas assim como os torcedores sabem, o presidente que assumiu o clube também sabe. Além de saber disso, ele sabe que o Botafogo como time grande que é, precisa de um grande time em campo. Responsabilidade fiscal é bom, mas o Botafogo precisa também de responsabilidade com seus torcedores que querer vitórias em campo e títulos. Como presidente do clube, Carlos Eduardo Pereira tem a obrigação de achar um equilíbrio entre boa gestão financeira e time de qualidade em campo.

O torcedor alvinegro se afastou dos estádios nos últimos anos e essa situação precisa mudar. O novo presidente precisa encontrar formas de atrair o torcedor botafoguense de volta aos estádios. A reabertura do Engenhão irá ajudar, mas é preciso mais. Além de um time decente, é preciso ingresso a preço justo e valorização do Engenhão como a única casa do clube. Vendas de mandos de campo são dispensáveis. O clube precisa mandar os seus jogos e seus clássicos em casa.

O Botafogo precisa voltar a ser respeitado nos bastidores do futebol nacional. A anos o clube tem pouca relevância junto à CBF e a última diretoria só serviu para diminuir ainda mais essa relevância. Várias vezes nos últimos anos, o torcedor viu seu time ser prejudicado dentro de campo por arbitragens ruins e nada ser feito. Isso precisa mudar. O clube precisa voltar a ser forte também nos bastidores do futebol brasileiro.

Nas últimas temporadas, vários dirigentes de pouca capacidade administrativa passaram pelo clube e deixaram marcas negativas no futebol. Agora o torcedor quer e espera que profissionais competentes assumam o comando do futebol do glorioso. Um bom desempenho em campo, passa também por uma boa gestão do futebol. Uma gestão que seja séria e que pense apenas nos interesses do clube e de seu torcedor.

O clube precisa se ajustar financeiramente. Agora é hora de uma gestão profissional no Botafogo. A volta ao ato trabalhista é essencial para o futuro do glorioso e a diretoria precisa além de regularizar a situação do clube junto à justiça do trabalho, também precisa buscar patrocinadores que paguem valores satisfatórios para ambos os lados, não apenas para os anunciantes. Além disso, precisa deixar de submeter o clube aos desmandos da detentora dos direitos de transmissão, e cobrar um valor mais justo por sua imagem e cobrar mais visibilidade em TV aberta.

A tarefa não é das mais fáceis para o novo presidente. Não se pode recolocar um clube da grandeza do Botafogo em seu lugar, em pouco tempo, ainda mais vindo de uma péssima administração. Mas o presidente Carlos Eduardo Pereira precisa agir rapidamente em todos os setores e que essa ação seja planejada e executada com esmero, dedicação e competência. E acima de tudo, eficiência.

É isso ai galera, vou ficando por aqui. Se você gostou da nossa coluna, compartilhe com quem possa interessar e comente. Se você não gostou, comente e deixe a sua opinião.

Saudações alvinegras e até a próxima!
COLUNA DO BRUNO SOUZA: Os anseios do torcedor botafoguense. COLUNA DO BRUNO SOUZA: Os anseios do torcedor botafoguense. Reviewed by bcfsouza on dezembro 07, 2014 Rating: 5

Nenhum comentário

Publicidade

FogoNotícias