Com salários atrasados, Mancini vê poder de convencimento limitado

Treinador lembra das limitações em motivar o time, mas elogia jogadores

Por: Bruno Souza

Os salários atrasados tornaram-se rotina no Botafogo em 2014. Com muitas dificuldades em conseguir a liberação das verbas do clube que se encontram bloqueadas desde o início da temporada, a diretoria alvinegra não vem conseguindo honrar seus compromissos em dia.

O fato de não receberem em dia, tem deixado os jogadores insatisfeitos nos últimos meses. Convivendo com ao menos dois meses de salários atrasados desde o final do primeiro trimestre do ano, por várias vezes os jogadores se mostraram irritados com a situação. O técnico Vagner Mancini falou sobre a difícil missão de motivar os jogadores em meio aos salários atrasados:
Mancini encontra dificuldades com os salários atrasados.         Foto: Divulgação.

- O nosso grau de convencimento vai até certo ponto. O nosso poder de convencimento vai se esgotando com o tempo, mas o grupo do Botafogo hoje, é um grupo maduro e os jogadores são excepcionais em termos de caráter - garantiu Mancini.

Mesmo com suas verbas bloqueadas pela justiça do trabalho, o clube conseguiu quitar um mês de salários no início do mês, com a ajuda do sindiclubes.

Criado em 16/06/2014, às 21:20
Com salários atrasados, Mancini vê poder de convencimento limitado Com salários atrasados, Mancini vê poder de convencimento limitado Reviewed by bcfsouza on junho 16, 2014 Rating: 5

Nenhum comentário

Publicidade

FogoNotícias