COLUNA DO BRUNO SOUZA: Botafogo, uma incógnita no Brasileirão

Fala galera botafoguense de todo o Brasil!

O Brasileirão começa hoje para o Botafogo. O jogo contra o São Paulo, marca o início da competição para o glorioso, mas também marca o início de um novo comando no clube, com a estréia de Vagner Mancini como treinador do Botafogo. Com esses dois começos no Botafogo, fica a pergunta: o que esperar do Botafogo nesse Brasileirão? A princípio, fica complicado fazermos uma projeção para o Botafogo no Brasileirão.

Para começar, há muitas coisas ruins rondando General Severiano. Só o fato de ser um ano eleitoral, já transforma o ambiente do clube. Muitas intrigas, disse-me-disse, e até brigas tem acontecido internamente no clube. A disputa pelo poder começa a esquentar e isso pode prejudicar o time dentro de campo.

Os bloqueios às rendas do clube e consequentemente o atraso salarial, a falta de ações efetivas da diretoria para melhorar a situação financeira do clube, os desentendimentos entre diretoria e jogadores, a insatisfação dos jogadores com a situação do clube, tudo isso pode influenciar negativamente o time, mas se o time for bem em campo, essas dificuldades serão amenizadas.

Falando em time em campo, vamos à ele. O torcedor botafoguense não sabe como o time se comportará no Brasileirão, mas a chegada de Vagner Mancini renova as expectativas com relação ao time do Botafogo. Projetar onde o time brigará no Brasileirão, é muito prematuro. Hoje o Botafogo não está entre os quatro melhores do Brasil, tampouco está entre os piores. Está onde a maioria dos clubes está: no meio do bolo, e nesse meio, é difícil saber se o time vai pender para a parte de cima da tabela, ou para a parte de baixo.

O time vem mal no ano, mas com novo técnico muito coisa pode mudar. Eu gostaria de ver no time titular, as entradas de Júnior César, Bolatti e Emerson Sheik. Na minha visão, caso os três entrassem no time, o time titular seria bom, apenas isso. O elenco é fraco, mas está na média de 80 % dos elencos dos times do Brasileirão. Com pouquíssimas opções de qualidade no banco de reservas, Vagner Mancini terá que fazer milagre para conseguir modificar o time durante as partidas. A solução para a deficiência no elenco alvinegro, talvez seja se desfazer de jogadores que vem sendo pouco utilizados e que oneram muito a folha salarial do clube e com esse "espaço financeiro", contratar outros jogadores para compor o elenco alvinegro.

É difícil prever o que acontecerá com o Botafogo no Brasileirão, mas é certo que o time titular não é o pior  e que o elenco precisa de reforços, e o principal para um segundo semestre bom no clube: a diretoria acertar seu rumo, entrar nos eixos para não acumular mais um fiasco na temporada. Ainda há muita água à passar de baixo da ponte chamada Brasileirão e o futuro do time, esse não pertence à Deus, mas sim depende dos nossos dirigentes!

É isso ai galera, vou ficando por aqui. Gostou da nossa coluna? Compartilhe com quem possa interessar e comente. Não gostou? Comente também e deixe o seu recado.

Saudações alvinegras e até a semana que vem!


COLUNA DO BRUNO SOUZA: Botafogo, uma incógnita no Brasileirão COLUNA DO BRUNO SOUZA: Botafogo, uma incógnita no Brasileirão Reviewed by bcfsouza on abril 20, 2014 Rating: 5

Nenhum comentário

Publicidade

FogoNotícias