COLUNA DO BRUNO SOUZA: Até onde vai a culpa de Hungaro!?

Fala galera botafoguense de todo o Brasil!

A derrota de quarta-feira no jogo contra o Union Española, trouxe junto uma enxurrada de críticas ao técnico Eduardo Hungaro. Acompanhando os torcedores botafoguenses pelas redes sociais, foi possível perceber a grande insatisfação dos torcedores com o treinador do Botafogo.

Críticas vindo da torcida são compreensíveis pelo momento que o time passa, mas é preciso analisar bem o quanto de culpa o técnico Eduardo Hungaro tem, nessa má fase do time do Botafogo.

Esse elenco do Botafogo já vinha há dois anos jogando no mesmo esquema e com estilo de jogo quase imutável implantado por Oswaldo de Oliveira. Hungaro mudou o esquema de jogo e essa mudança parece ter feito  o time perder sua identidade.Apesar de (na minha concepção) ter feito o certo ao dar mais ênfase ao ataque alvinegro, o meio-campo do time parece perdido e hoje o Botafogo só tem uma em seu repertório: a bola alçada à área. Isso é culpa do treinador. Não pode um time querer vencer, apenas na base do "chuveirinho".

Outro ponto onde Hungaro peca, é na lateral-esquerda: insiste com o burocrático Júlio César, que até já teve seus bons momentos no Botafogo, mas de uns tempos para cá, viver a deixar espaço na defesa e tomar bola em suas costas e no ataque é quase nulo. Acho que Júnior César já merecia uma chance entre os titulares.

Como podemos perceber, Hungaro tem uma parcela de culpa no momento ruim que o time vem passando, mas a diretoria alvinegra ainda é a dona da maior parcela dessa culpa.

O elenco dado pela diretoria ao técnico Eduardo Hungaro, carece de bons jogadores nas posições de apoiador e de atacante. Com a carência, o técnico muitas vezes tem ficado sem peças para mudar o panorama das partidas,como aconteceu contra o Union Española. Alguns técnicos fazem a diferença, apenas até onde seu elenco deixa e Hungaro é um desses. Para ir mais longe, necessita de um bom elenco.

Outro fator "extra-técnico", é o atraso dos salários. Por mais que os jogadores tentem afirmar o contrário, o atraso salarial influi na atuação em campo,mesmo que seja apenas naquele momento de dar algo mais quando o time está perdendo. Por mais motivador que Hungaro fosse, salários atrasados são um fator de grande desmotivação, e quanto a isso, o técnico está de mãos atadas.

Hungaro tem sua parcela de culpa pela má fase do time, mas assim como a grande maioria dos técnicos, precisade boas condições de trabalho para fazer o time jogar tudo que o torcedor deseja, e por enquanto, Hungaro não tem as condições ideais para isso.

É isso ai galera, vou ficando por aqui. Gostou da nossa coluna? Comente e compartilhe com quem possa interessar. Não gostou? Comente também e deixe seu recado.

Saudações alvinegras e até a semana que vem galera!
COLUNA DO BRUNO SOUZA: Até onde vai a culpa de Hungaro!? COLUNA DO BRUNO SOUZA: Até onde vai a culpa de Hungaro!? Reviewed by bcfsouza on abril 06, 2014 Rating: 5

Nenhum comentário

Publicidade

FogoNotícias