COLUNA DO BRUNO SOUZA: Hungaro e a falta de atitudade alvinegra fora do Maracanã

Fala galera alvinegra de todo o Brasil!

Há algumas semanas atrás, eu havia escrito aqui no nosso espaço, alguns elogios ao técnico Eduardo Hungaro. Não sei se foi por estar extasiado com as boas atuações contra o Deportivo Quito e contra o San Lorenzo, ambos no Maracanã, mas é fato que naquela época, o time despertou otimismo em grande parte da torcida botafoguense.

O otimismo de antes que agora se mostra exagerado, foi causado principalmente, pelo fato do ataque alvinegro ter voltado a ser o destaque do time, com o técnico Eduardo Hungaro no comando do time.

Naquele momento, os elogios ao trabalho do técnico eram algo mais que natural. Mas o tempo passou, jogos fora do Maracanã se sucederam em grande quantidade e junto com eles, vieram as más atuações do time alvinegro e consequentemente, os resultados ruins do time, tanto no carioca, como também na Libertadores. Esses resultados ruins fora do Maracanã, trouxeram à tona as primeiras críticas mais fortes ao trabalho do técnico do Botafogo.

Se por um lado, o técnico deu nova vida ao ataque alvinegro, por outro, o Botafogo passou a se acovardar quando joga fora de casa.

O que nós vemos agora, é um Botafogo medroso fora dos seus domínios e com apenas uma jogada de ataque: a ligação direta entre defesa e ataque. Essa ligação, como eu já havia escrito a duas semanas atrás, está prejudicando o time e em especial, o atacante argentino Ferreyra. Como se não bastasse a pobreza técnica e tática nas ações ofensivas, a defesa despencou de produção e hoje, apenas o goleiro Jefferson é digno de elogios nesse setor do time do Botafogo.

O pior de tudo isso que vem acontecendo quando o time joga fora de casa, é ver a passividade com que Hungaro aceita as atuações ruins longe do Maracanã. O técnico não consegue fazer ao menos uma mudança tática capaz de mudar o panorama das partidas. Não sei se por deficiência tática do próprio técnico, ou por deficiência do elenco, mas fica claro, que Hungaro começa a entrar em rota de demissão no clube.

Não sei se uma mudança no comando técnico seria uma boa opção nesse momento, mas sei que um time não pode viver apenas de vitórias dentro de casa, é preciso ousar também fora de casa, bucar a vitória onde quer que seja e por enquanto, Hungaro só consegue fazer o time vencer no Maracanã.

É isso ai galera, vou ficando por aqui. Gostou da nossa coluna? Compartilhe com quem possa interessar e comente. Não gostou? Comente também e deixe seu recado.

Saudações alvinegras e até a semana que vem galera!
COLUNA DO BRUNO SOUZA: Hungaro e a falta de atitudade alvinegra fora do Maracanã COLUNA DO BRUNO SOUZA: Hungaro e a falta de atitudade alvinegra fora do Maracanã Reviewed by bcfsouza on março 16, 2014 Rating: 5

Nenhum comentário

Publicidade

FogoNotícias