COLUNA DO BRUNO SOUZA: Paciência tem limite

Fala amigos Alvinegros!

Na última semana eu iria escrever aqui nesse espaço sobre Jobson, afinal fez um mês que Jobson tinha voltado ao Botafogo após a suspensão por doping. Eu iria escrever que após um mês Jobson vinha tendo comportamento exemplar e que cada vez mais mostrava estar recuperado, enfim eu preferi falar sobre outro assunto, parecia que já estava prevendo o que aconteceria um dia depois.

O que eu venho dizer aqui é difícil tanto para mim que confiava na recuperação de Jobson, quanto para o resto da torcida. A discussão de Jobson com o fisiologista do clube Altamiro Bottino, só veio para provar que por mais que nós torcedores torçamos por Jobson e façamos de Jobson um xodó, ele não tem jeito. Sempre que é dada uma nova chance a Jobson ele vai e comete alguma indisciplina, jogando por terra todo aquele discurso emocionado de que agora tudo será diferente. Já começo a achar que a cada chance que lhe for dada ele cometerá erros novamente, pois ao que parece Jobson quer mesmo é que sua vida seja uma "vida loka", como ele tatuou no braço.

Um ponto nisso tudo me chamou a atenção: a manifestação da torcida do Botafogo, ofendendo o gerente de futebol Anderson Barros, por ter suspendido Jobson. Eu sou um crítico de Anderson Barros, acho o trabalho dele a frente do departamento de futebol do Botafogo fraco, mas nesse caso Anderson Barros estava certo. Jobson tinha que ser punido para entender que ele não pode cometer tais insubordinações, nem Loco Abreu que é o maior ídolo desse atual elenco comete qualquer tipo de insubordinação, então porque Jobson sairia sem punição dessa situação?

Outro clube não teria tanta paciência com Jobson como ainda tem o Botafogo, de novo lemos notícias de que Jobson pediu desculpas e que se emocionou ao ser perdoado, mas paciência tem limite, a minha com Jobson chegou ao fim, já não confio mais nele e penso que será questão de tempo até Jobson errar novamente, resta saber até quando a diretoria alvinegra terá paciência. Que Jobson queime minha língua e dê um rumo certo a sua vida, pois como eu disse paciência tem limite.

COLUNA DO BRUNO SOUZA: Paciência tem limite COLUNA DO BRUNO SOUZA: Paciência tem limite Reviewed by bcfsouza on abril 12, 2012 Rating: 5

Nenhum comentário

Publicidade

FogoNotícias