RETROSPECTIVA BOTAFOGO 2011

Após um fim de 2010 brigando por uma vaga na Libertadores até o fim do Campeonato, o Botafogo viveu um 2011 no melhor estilo montanha russa: cheio de altos e baixos.

Show Botafogo



Com uma ação inovadora de marketing, a diretoria do Botafogo fez um evento arrojado para apresentar o seu elenco para a torcida. Chamado de “Show Botafogo”, o evento contou com um show do Grupo Revelação, sorteio de brindes e um jogo amistoso entre Botafogo e Democrata-GV. O Alvinegro venceu a partida por 5 a 1.

Contratação de Arévalo Rios




Contratado com pompa pelo Botafogo e com a missão de parar Ronaldinho Gaúcho, o uruguaio Arévalo Rios, destaque do Uruguai na Copa do Mundo de 2010 foi contratado pelo Botafogo. Mesmo sem estrear, o volante já caiu nas graças da torcida. Mas a contratação não viria a dar certo...

Estréia no Carioca

Forte candidato ao bicampeonato do estadual, o Botafogo estreou no Campeonato Carioca diante do Duque de Caxias, no Engenhão, e encontrou sérias dificuldades para bater a equipe da Baixada Fluminense.

Após sair atrás sofrendo um gol de pênalti, mal marcado pela arbitragem, o Botafogo virou o marcador, com um gol de Loco Abreu (pênalti) e outro do atacante Caio (veja o vídeo abaixo).



Rugas entre Joel Santana e Loco Abreu

Logo após o jogo de estréia do Carioca, Loco Abreu criticou a forma de jogar do Botafogo, fato que não agradou Joel Santana. A situação criou uma situação um tanto quanto desagradável, que teve o seu “estopim” quando Loco Abreu divulgou uma carta eu seu site oficial (veja abaixo).

Joel Santana se segurou no cargo até o jogo contra o Vasco, no qual o Alvinegro foi derrotado por 2 a 0, dando lugar a Caio Junior.

Eliminação da Taça GB

Classificado em segundo no seu grupo, o Botafogo iria cruzar novamente com o Flamengo na final da Taça Guanabara, assim como foi em 2010, mas o cenário foi totalmente outro. No tempo normal, o jogo terminou em 1 a 1 (com Loco Abreu marcando para o Glorioso), mas nos pênaltis, para variar, o Alvinegro foi eliminado pelo arquirrival.

Eliminação precoce da Taça Rio

Depois da eliminação da Taça Guanabara diante do Flamengo, o Botafogo tentou retomar o caminho para o bi do estadual na Taça Rio, mas com uma fraca campanha, o Alvinegro foi eliminado precocemente, ficando na terceira colocação e tendo que disputar o “grande” torneio Carlos Alberto Torres, que servia de consolação para os times pequenos. Foi durante a Taça Rio que o técnico Joel Santana foi demitido do Botafogo, mais precisamente após a derrota para o Vasco, por 2 a 0.

Copa do Brasil

O Botafogo estreou na primeira fase da Copa do Brasil diante do River Plate do Sergipe. Após perder a primeira partida por 1 a 0, o Alvinegro jogou no Engenhão e venceu pelo mesmo placar, tendo conquistado a vaga nos pênaltis. E o Bota foi se classificando até as oitavas de final, quando em uma partida polêmica, foi eliminado pelo Avaí, empatando a primeira partida por 2 a 2 no Engenhão e por 1 a 1 na Ressacada.

Saída de Arévalo Rios e Contratação de Renato

Como já havíamos dito, a contratação de Arévalo Rios não viria a dar certo. Contratado para ser o responsável por anular Ronaldinho Gaúcho, o volante uruguaio não se adaptou o Brasil, e foi vendido pelo Botafogo ao Tijuana-MEX.



Em contrapartida, para seu lugar foi contratado o volante Renato, bicampeão brasileiro pelo Santos e multi campeão pelo Sevilla. O jogador foi contratado com pompa de ídolo e foi recebido pelo craque Gérson, o Canhotinha de Ouro.

Loco Abreu e o Botafogo na Copa América

Bastante identificado com a torcida do Botafogo e idolatrado pela mesma, Loco Abreu resolver pagar tamanha gratidão dos alvinegros. Comemorando a conquista da seleção do Uruguai na Copa América, o atacante comemorou a conquista com duas bandeiras: uma delas a do Botafogo. Assim que apareceu na TV, o fato tomou conta da internet, levando os alvinegros a loucura.


Estréia de Loco Abreu no Brasileirão

Depois de quase um turno inteiro longe do Botafogo, Loco Abreu voltou e em grande estilo. Abreu voltou na partida diante do Cruzeiro, em Sete Lagoas, e com um golaço, deu a vitória ao Botafogo, pelo placar de 1 a 0. Reveja o gol abaixo.



Botafogo arrasador no Brasileirão

Com um primeiro turno arrasador, o Botafogo dava pinta de que sairia com o título da competição. Com 10 vitórias, quatro empates e cinco derrotas, o Bota terminou a primeira parte da competição entre os quatro primeiros, e com reais chances de levar o caneco. Dos três clássicos que disputou, venceu dois (2x1 Flu e 4x0 Vasco) e empatou um (0x0 Flamengo).

Eliminação da Copa Sul Americana

Após eliminar o Atlético-MG na fase nacional (2x1 Fogão em Minas e 1x0 no Engenhão), o Botafogo foi eliminado com um time misto para o fraco Santa Fé. Após empatar o primeiro jogo por 1 a 1, o Glorioso foi até a Colômbia e sofreu uma goleada por 4 a 1, deixando a competição de uma forma vergonhosa. VEJA O VÍDEO ABAIXO.



Botafogo com 3 na Seleção Brasileira

Apesar da eliminação na Sul-Americana, a boa fase do Botafogo continuava no Brasileirão (não por muito tempo), tanto que o Botafogo cedeu três atletas para a seleção que conquistou o Superclássico das Américas, antiga Copa Rocca. Jefferson, Cortês (que foi o destaque) e Elkeson integraram a seleção que venceu a competição em cima da Argentina.

Drástica queda de rendimento no Brasileiro

O Botafogo manteve a sua boa campanha no Campeonato Brasileiro, mais precisamente até o dia 19/10/11, quando enfrentou o Santos, em jogo atrasado da 21º rodada, quando jogou a chance de ser líder isolado da competição ao ser derrotado por 2 a 0 pelo Peixe. Daí em diante, o Alvinegro fez oito jogos até o fim da competição, vencendo apenas um (1x0 sobre o Cruzeiro).

Demissão de Caio Jr.

Bastante criticado e cobrado pela torcida alvinegra, Caio Junior foi apontado como um dos grandes responsáveis pela queda do time e teve a sua demissão pedida pela torcida. E isso veio a acontecer depois da goleada sofrida por 4 a 0 diante do Atlétic0-MG.

Volta de Jobson

Afastado no Bahia por indisciplina e problemas com álcool, o atacante Jobson ficou sem clube até o fim deste ano, quando em uma reunião com a diretoria, o atacante aceitou uma lista de exigências feitas pela cúpula de futebol do Glorioso e foi “apresentado” pela mesma. Na entrevista, o jogador (que será reintegrado ao elenco no dia 4 de janeiro) bradou: “Chega de fazer merda”.

Fim melancólico de Campeonato

Com a drástica queda de rendimento, o Botafogo ainda chegou a última rodada com chances de vaga na Libertadores, mas dependendo de uma surpreendente combinações de resultados (o que não aconteceu). No último jogo do campeonato, o Botafogo acabou empatando com o Fluminense por 1 a 1, e terminando na melancólica nona posição, com 56 pontos, e com a amarga vaga na Sul-Americana.

Fim da era Alessandro

“Persona non grata” pela torcida do Botafogo, Alessandro no fim do ano tinha a sua renovação quase certa, mas com a chegada de Oswaldo de Oliveira, o jogador teve a sua dispensa sentenciada. O motivo alegado pela diretoria foi a ruim relação entre o lateral e os torcedores, que já pediam a saída do atleta desde 2010.

Destaque da Temporada

Jefferson

Pereba da Temporada

Herrera

Melhor jogo do ano


Corinthians 0x2 Botafogo
(Brasileirão)

Pior jogo do ano


Coritiba 5x0 Botafogo
(Brasileirão)

Foto da temporada

Após a conquista da Copa América, Loco Abreu resolveu pagar a idolatria que a torcida tem com ele, comemorando a conquista com a bandeira do Botafogo.
RETROSPECTIVA BOTAFOGO 2011 RETROSPECTIVA BOTAFOGO 2011 Reviewed by Informe Botafogo on dezembro 19, 2011 Rating: 5

Nenhum comentário

Publicidade

FogoNotícias