COLUNA DO BRUNO SOUZA: Ídolos

Olá Alvinegros!

Essa semana foi aniversário de dois jogadores que representam muito para o Botafogo. Um por ser o maior ídolo da história do clube e outro por ser o maior ídolo do atual elenco do Botafogo, são eles, Garrincha e Loco Abreu. Os dois atuaram em épocas bem distintas no Botafogo, mas ambos têm coisas em comum: são muito identificados com o clube, deram ou dão muitas alegrias a nossa torcida, ambos fizeram o nome do Botafogo ser ainda mais conhecido fora do país e os dois também foram campeões por suas seleções.

Garrincha era conhecido como "o anjo das pernas tortas". De fato ao chegar ao Botafogo ninguém dava nada por ele, pois suas pernas não eram de atleta, mas bastou o primeiro treino no Botafogo, para todos no clube perceberem que estavam em frente à um gênio da bola. Garrincha fazia dos zagueiros adversários meros coadjuvantes do seu show, devido ao tanto de vezes em que Garrincha fez o que quis com os adversários, os zagueiros rivais ganharam o apelido de "João" de Garrincha. Sempre com muito destaque em sua carreira como jogador, Garrincha foi considerado pela FIFA um dos melhores jogadores de todos os tempos, teve uma história gloriosa no Botafogo.

Loco Abreu chegou ao Botafogo sob muita desconfiança, tanto de parte da torcida como de parte da imprensa, afinal um jogador de 32 anos, desconhecido pela maioria, não poderia ser a salvação de um time que andava desacreditado. Todos achavam que Loco era mais um desses "caneleiros" e que só tinha vindo ao Brasil para encerrar a carreira como jogador, todos erraram. Loco desde que chegou ao Botafogo mostrou que não só é bom com a cabeça, como também vai muito bem com a bola nos pés.

Técnica, garra, disposição e raça não faltam a Loco, que além de jogador, tornou-se também torcedor do Botafogo, pois em nenhum outro clube recebeu tanto carinho de uma torcida, os resultados do Botafogo em campo melhoraram muito depois da chegada de Loco ao clube. Loco está tendo uma história gloriosa no Botafogo e tem feito nós torcedores voltarmos a ter aquele orgulho de saber que agora nosso time entra nas competições para ganhar.

Garrincha e Loco Abreu, cada um na sua época, fazem o Botafogo ser respeitado por todos e nos dão cada vez mais orgulho em ser Botafoguenses.

Saudações Alvinegras e até a próxima.
COLUNA DO BRUNO SOUZA: Ídolos COLUNA DO BRUNO SOUZA: Ídolos Reviewed by bcfsouza on outubro 20, 2011 Rating: 5

Nenhum comentário

Publicidade

FogoNotícias