NO MELHOR JOGO DO BR 2011, BOTAFOGO GOLEIA O VASCO E A SUPERSTIÇÃO

Totalmente ao contrário de 2010, Fogão estreia seu novo uniforme e vence de forma arrasadora o Vasco por 4 a 0



XÔ, AZAR! Assim como em 2010, o Botafogo fez a sua estréia de uniforme diante do Vasco, mas em 2011, o filme foi totalmente diferente. Sem tomar conhecimento do adversário, o Botafogo atropelou o Vasco por 4 a 0, com gols de Antônio Carlos, Loco Abreu (2) e Herrera. Com o resultado, o Botafogo foi a 25 pontos e está na sexta colocação.

O JOGO

O jogo que tem tudo para ser o melhor deste Campeonato Brasileiro, o Botafogo começou arrasador. Logo aos dois minutos, Cortês fez um carnaval na ala esquerda defensiva do Vasco, invadiu a área e rolou para Marcelo Mattos, que bateu colocado e fez Fernando Prass defender em dois tempos. Apenas um minuto depois, o Botafogo voltou a oferecer grande perigo ao Vasco da Gama. Em cobrança de falta, Renato bate colocado, mas Prass caiu bem e espalmou para o lado.

O Botafogo era totalmente soberano na partida, até que esta soberania foi premiada com um gol, aos nove minutos. Após escanteio cobrado por Renato, Antônio Carlos vai no terceiro andar e mandou a bola para o fundo do barbante e abriu o placar no Engenhão.

Aos onze minutos, Loco Abreu foi lançado em profundidade e sairia na cara do gol, se não fosse o lateral Fagner, que conseguiu cortar a bola. Um minuto depois foi a vez de o Vasco responder. Felipe arrancou pelo meio e tentou passe em profundidade para Alecssandro, mas Cortês antecipou e saiu jogando.

O Vasco acordou na partida e começou a oferecer perigos ao Botafogo. Aos treze minutos, o time da cruz de malta fez Jefferson trabalhar. Diego Souza soltou uma bomba em cobrança de falta, mas Jefferson defendeu firme. Um minuto depois, após cobrança de escanteio, Alecssandro, de cabeça, desviu com forma para baixou e novamente ele, Jefferson, faz uma linda defesa. E o trem-bala da colina estava acelerado. Aos dezenove, Jumar arriscou de fora da área, mas Jefferson caiu com segurança para fazer a defesa.

Mas o Botafogo era competente tanto no ataque quando na defesa, o que acabou fazendo a diferença neste primeiro tempo. Aos 23, Cortês (melhor homem do Botafogo no primeiro tempo) chegou novamente a linha de fundo e cruzou, A zaga do Vasco se embola toda e a bola acaba sobrando com Elkeson, que mandou a redonda por cima do gol. Três minutos depois o Botafogo ampliou o placar. Cortês da belo passe para Herrera. O argentino chutou forte em cima de Prass e no rebote Loco Abreu não quis choro nem vela e mandou a bola para o fundo da rede.

Daí em diante, o jogo ficou morno, e só voltou a ter ação somente aos trinta e seis minutos , quando o “Infernal” Cortês se livrou de dois marcadores da uma caneta em Fagner, mas na hora de finalizar, é travado por Jumar. O Botafogo era mais ousado em campo e mostrava que o que o interessava era só a vitória. E o prêmio dessa ousadia veio aos trinta e nove minutos do primeiro tempo. Lucas avançou pela direita e cruzou em direção ao gol. Prass se atrapalhou todo mas conseguiu cortar. E a bola acaba parando na cabeça de Elkeson que ajeita para El Loco Abreu pegar de primeira com a perna canhota para ampliar o marcador.

Aos quarenta e dois, Lucas voltou a roubar a cena e cruzou para Herrera, que ajeitou para Abreu, mas Anderson Martins conseguiu o corte providencial, já que Loco sairia de cara com Prass.

O SEGUNDO TEMPO começou, e logo no primeiro minuto o Vasco teve uma falta perigosa com Juninho, que na cobrança mandou a bola o Maracanã. Aos cinco, após cruzamento na área, Loco Abreu desvia de cabeça e a bola vai parar no ângulo, mas Prass chegou a tempo para fazer uma linda defesa e mandar a bola para escanteio. E só dava Fogão! Aos treze da segunda etapa, Lucas cruzou na área e Herrera, esperto, tentou encobrir Fernando Prass que atento, fez a defesa. Aos 16 o Botafogo perdeu uma das suas melhores chances no segundo tempo. Cortês levou a pelota para a linha de fundo a bola passa por todo mundo, menos por Loco Abreu, que de perna direita, carimbou o travessão.

Um minuto depois, Renato cobrou falta na área, Loco não conseguiu fazer o desvio, mas a bola foi direto para o gol, o que o brigou Prass a fazer uma bela defesa. O jogo deu uma esfriada e voltou a ter ação aos vinte e oito minutos da etapa final, quando Elkeson arrancou pela esquerda, achou Márcio Azevedo na área, mas Pras manda a bola para escanteio. Aos trinta e dois, o Vasco voltou a pressionar. Após cobrança de escanteio, Alecssandro pega de primeira, mas Jefferson faz uma linda defesa.

Aos quarenta a três, Leandro que entrou no segundo tempo arriscou de longe, e isolou a bola. E quando a partida já caminhava para o fim, aos quarenta e seis minutos, Herrera marcou o seu gol. Renato (melhor em campo do Alvinegro) roubou bola no meio de campo avançou até a entrada da área e deu a bola no argentino, que chutou cruzado e fechou o caixão do Vasco. Botafogo 4x0 Vasco.

O Vasco até tentou fazer o seu gol de honra com Alecssandro, que chutou cruzado para defesa de Jefferson.

Na próxima rodada (16ª), o Botafogo enfrenta o América Mineiro, às 19h30m, na Arena do Jacaré.

Ficha Técnica
Retirada do Lancenet

BOTAFOGO 4X0 VASCO

Local: Engenhão, no Rio de Janeiro (RJ)
Data/hora: 7/8/2011 - 18h30min
Árbitro: Marcelo de Lima Henrique (RJ)
Assistentes: Dilbert Pedrosa (RJ) e Rodrigo Joia (RJ)

Cartões amarelos: Cortês, Elkeson (BOT); Dedé, Jumar, Felipe, Diego Souza (VAS)
Cartão vermelho: Diego Souza, 20'/2ºT (VAS)
Gols: Antônio Carlos, 10'/1ºT, Abreu, 27'/1ºT, Abreu, 40'/1ºT, Herrera, 46'/2ºT

BOTAFOGO: Jefferson, Lucas, Antônio Carlos, Fábio Ferreira e Cortês (Márcio Azevedo, 23'/2ºT); Marcelo Mattos, Renato, Felipe Menezes (Lucas Zen, 35'/2ºT) e Elkeson (Cidinho, 30'/2ºT); Herrera e Abreu. Técnico: Caio Junior.

VASCO: Fernando Prass, Fagner, Dedé, Anderson Martins e Márcio Careca (Juninho, intervalo); Jumar, Rômulo, Felipe (Leandro, 31'/2ºT) e Diego Souza; Eder Luis (Julinho, 16'/2ºT) e Alecsandro. Técnico: Ricardo Gomes.



Por: Igor Melo
NO MELHOR JOGO DO BR 2011, BOTAFOGO GOLEIA O VASCO E A SUPERSTIÇÃO NO MELHOR JOGO DO BR 2011, BOTAFOGO GOLEIA O VASCO E A SUPERSTIÇÃO Reviewed by Informe Botafogo on agosto 07, 2011 Rating: 5

Nenhum comentário

Publicidade

FogoNotícias