BOTAFOGO RESSUSCITA DEFUNTO, PERDE A SEGUNDA CONSECUTIVA E LIGA O ALERTA AMARELO

Mesmo com maior posse de bola, Alvinegro segue "zicado" e perde novamente. Agora por dois a um



O Botafogo bem que tentou, criou, acertou a trave mas de nada adiantou. Mais uma vez sem competência alguma nas finalizações, o Botafogo foi derrotado pelo Atlético-PR por 2 a 1 na Arena da Baixada, pela partida válida pela 10ª rodada do Campeonato Brasileiro. Com a derrota, o Botafogo cai para a momentânea 7ª colocação e já começa a irritar a torcida.

O JOGO

O jogo começou e o Botafogo já foi logo para o ataque. Logo no segundo minuto de jogo, Elkeson tocou na esquerda para Alexandre Oliveira, que de fora da área arriscou e mandou na rede pelo lado de fora.

Daí em diante o jogo ficou bastante truncado. As equipes tocavam bastante a bola e pouco chegavam ao gol. O jogo voltou a ter ação aos 24 minutos, quando Morro Garcia recebeu a bola e tocou bem para a pequena área, obrigando o goleiro Jefferson a sair do gol e levar a melhor sobre Marcinho. Daí em diante o jogo ficou novamente morno, mas só até os 39 minutos.

Kleberson recebeu na direita e cruzou na medida para Morro Garcia, que girou e bateu com força, sem chances para o goleiro Jefferson. Atlético 1 Botafogo 0. Aos 44, o Botafogo quase tomou o segundo gol. Da defesa, Paulinho fez lançamento para Morro Garcia. Tentando fazer a linha de impedimento, Fábio Ferreira ficou assistindo a arrancada do atacante que chutou pelo alto e acertou o travessão de Jefferson. Minutos depois, o primeiro tempo chegou ao fim.

Na volta para o segundo tempo, o técnico Caio Jr, trocou o volante Léo (que era o melhor do Alvinegro em campo) pelo também volante Somália. A bola rolou, e aos seis minutos, Maicosuel, que até então nada fez na partida, tentou jogada individual e sofreu uma falta dura de Deivid. Quatro minutos depois, o “Mago” fez boa jogada pela esquerda e cruzou na cabeça de Alexandre Oliveira. O atacante desviou de cabeça, obrigando o goleiro a fazer uma bela defesa.

Aos 15 o Alvinegro quase empatou o marcador. Renato cobrou falta na área, Antônio Carlos, na linha da pequena área, cabeceou a bola para o lado, rente a trave. Quatro minutos depois, o Alvinegro perdeu mais um gol incrível. Elkeson recebeu na quina esquerda da grande área, deu um come desmoralizante no marcador, levantou a cabeça e cruzou na cabeça de Alexandre Oliveira. O atacante na cara do goleiro Renan Rocha cabeceou na trave maior.

Aos 25, Elkeson fez mais uma bela jogada e cruzou com força, mas Alexandre Oliveira não consegue chegar a tempo para fazer a finalização. Mas três minutos depois, veio o castigo. Morro Garcia recebeu cruzamento e a zaga do Botafogo de camarote assistiu o atacante de cabeça disputar a bola com Jefferson (que saiu mal do gol) para ampliar para o Furacão.

Aos 34 minutos, em bola alçada na área pelo Botafogo, a zaga atleticana afasta e no rebote, Alessandro chutou bonito de esquerda, mas a bola subiu demais. Aos 40 da etapa final, Caio Jr trocou Alexandre Oliveira por Alex. O que deu resultado. Dois minutos depois, Alex recebeu na área, driblou o marcador e mandou no canto esquerdo para diminuir para o Botafogo. No último minuto de jogo, o Botafogo ainda teve a expulsão de Marcelo Mattos, que em um lance sem bola, agrediu o jogador Branquinho, do Atlético-PR.

O próximo compromisso do Botafogo será contra o Avaí, na próxima quarta-feira, às 19h30m, no Engenhão, em partida válida pela 11ª rodada do Brasileirão.

FICHA TÉCNICA:
Retirada do GloboEsporte.com

ATLÉTICO-PR 2 X 1 BOTAFOGO
Renan Rocha; Edílson, Gustavo, Fabrício e Paulinho; Deivid, Cleber Santana, Kleberson (Fransérgio), Marcinho (Branquinho) e Madson; Morro García (Edigar).Jefferson; Alessandro, Antônio Carlos, Fábio Ferreira e Márcio Azevedo (Felipe Menezes); Marcelo Mattos, Renato, Elkeson e Maicosuel; Léo (Somália) e Alexandre Oliveira (Alex).
Técnico: Renato GaúchoTécnico: Caio Jr
Gols: El Morro Garcia (Atlético-PR), aos 39 minutos do primeiro tempo e aos 28 minutos do segundo tempo. Alexander (Botafogo) aos 43 do segundo tempo
Cartões Amarelos: Gustavo Araújo, Deivid e Fransérgio(Atlético-PR), Antônio Carlos e Márcio Azevedo (Botafogo)
Cartão Vermelho: Marcelo Mattos (Botafogo)
Data: 23/07/2011 Local: Estádio Arena da Baixada
Público pagante: 12. 714 mil Renda: R$ 206.510 mil
Árbitro: Paulo Cesar Oliveira (SP), auxiliado por Fabio Pereira(TO) e Danilo Ricardo Simon Manis (SP)



Por: Igor Melo
BOTAFOGO RESSUSCITA DEFUNTO, PERDE A SEGUNDA CONSECUTIVA E LIGA O ALERTA AMARELO BOTAFOGO RESSUSCITA DEFUNTO, PERDE A SEGUNDA CONSECUTIVA E LIGA O ALERTA AMARELO Reviewed by Informe Botafogo on julho 23, 2011 Rating: 5

Nenhum comentário

Publicidade

FogoNotícias