Vale a pena arriscar? Volante do Bota diz que não aceita contrato de risco

Foto: Extra.com


O Alvinegro vive um momento de dúvida sobre o ataque e o meio de campo da equipe, já que perdeu o atacante Roger para o Internacional e também tem a expectativa de perder o volante Bruno Silva, que ainda não sabe se vai jogar no Sul (Internacional) ou em Belo Horizonte (Cruzeiro).

O problema não é só saber se o Bruno vai ou fica, o Botafogo também tem que resolver a situação de outro jogador do time. O volante Airton tem contrato com o clube até o dia 31 de dezembro e ainda não sabe se fica ou segue sua carreira em outro clube.

O atleta deu uma entrevista para à Super Rádio Brasil onde falou sobre o desejo de ficar no Glorioso e que não aceita o contrato que foi ofericido até o final do Campeonato Carioca do ano que vem.

- Eu entendo o Botafogo, até porque passei por uma lesão, mas eu acho que eu era um dos principais jogadores do elenco. Estou surpreso (pela demora), mas a gente sabe que futebol tem dessas coisas. Espero que a gente chegue a um acordo, mas se não se concretizar, é sentar com o meu representante e seguir a minha carreira -  disse o jogador.

Airton vinha fazendo uma bela temporada pelo Botafogo, foi um dos destaques do time na primeira fase da Libertadores e até gol marcou contra o Colo Colo, dando a vantagem para a equipe Alvinegra no jogo de volta onde conseguiu a classificação e a consolidação do jogador no time titular.

Segundo o jogador, já tem uma conversa com a diretoria: 

A gente está batendo um papo, mas o que acontece é que tive uma lesão complicada, que me deixou afastado. Vinha num bom momento desde o ano passado, e nesse também. A gente já vinha conversando sobre a renovação desde antes da lesão, mas aí ela deu uma esfriada. Tenho contrato até dia 31.

Airton era um dos destaques da equipe e um dos mais valorizados pela torcida do Botafogo, porém no meio do ano em uma partida contra o Flamengo, válido pelo campeonato Brasileiro, o volante fraturou a fíbula e não atuou mais com a camisa do Fogão.

O clube me procurou antes da lesão. É um clube que estou aqui há quase quatro anos. Não aceitaria um contrato até o fim do Carioca até porque estou recuperado. Já vinha treinando com o grupo e não teria porque eles fazerem isso comigo, mas a gente não sabe o que acontece. Eles devem ter as razões deles, vendo quem chega e quem sai. Estou de férias, mas continuo trabalhando até porque fiquei muito tempo machucado. É trabalhar para que essa renovação aconteçafinalizou.

Airton e a torcida do Botafogo aguardam a denifição do caso do jogador que pode ser peça fundamental da equipe em 2018.

Vale a pena arriscar? Volante do Bota diz que não aceita contrato de risco Vale a pena arriscar? Volante do Bota diz que não aceita contrato de risco Reviewed by Eduardo Rodrigues on dezembro 09, 2017 Rating: 5

Nenhum comentário

Publicidade

FogoNotícias