Ex presidente do Bota é intimado pela Polícia para depor no caso Odebrecht; confira


Maurício Assumpção (Imagem: Uol)


Maurício Assumpção é intimado pela Polícia Civil para depor. O ex presidente do Botafogo e o ex diretor executivo Sérgio Landau são acusados de favorecer a Odebrecht, concessionária do Maracanã, com a interdição do Engenhão hoje batizado como Estádio Nilton Santos.

O ex presidente foi intimado a comparecer na manhã desta terça na 5ª Delegacia, no Centro do Rio de Janeiro para prestar depoimento.

Intimação ao ex presidente do Bota Maurício (Imagem: Divulgação)


No mês passado, a atual gestão do clube denunciou o ex presidente por conseguir um empréstimo de R$ 20 milhões junto à Odebrecht "em condições suspeitas e com graves prejuízos", segundo à nota no site oficial na ocasião.

Essas denúncias e acusações beiram a inconsequência, o absurdo e a irresponsabilidade. São fruto de um ódio incontrolável e insano aliado à proximidade das eleições no clube. Eu quero e vou falar sobre todas as mentiras que foram disparatadamente dirigidas a minha pessoa, mas o farei no momento e fórum adequados. - disse o ex presidente do Bota

Construído para o Pan-Americano de 2007, o agora Nilton Santos, custou R$ 380 milhões e completou 10 anos em 2017. Em 2013, a Prefeitura do Rio anunciou que o estádio precisaria passar por um reforço estrutural imediato por conta do risco de queda da cobertura em caso de ventos acima de 63 km/h. O local teve reforço de estrutura calculado em R$ 200 milhões após interdição - custo estimado da reforma que inseriu mais 1500 toneladas de aço no estádio.

Ex presidente do Bota é intimado pela Polícia para depor no caso Odebrecht; confira Ex presidente do Bota é intimado pela Polícia para depor no caso Odebrecht; confira Reviewed by Júlio Abud on novembro 13, 2017 Rating: 5

Nenhum comentário

Publicidade

FogoNotícias