Botafogo 1 x 2 Fluminense - Atuação pífia

Foto: Felippe Rocha




Dia de jogo do Botafogo é sempre uma festa: o sábado era de sol e calor, e nada mais justo do que parar no primeiro estabelecimento para beber uma cerveja gelada e comer um churrasquinho com os amigos! Enquanto bebíamos a nossa "cerva" gelada, conversávamos sobre os pontos perdidos do Botafogo e sobre os jogos que fomos bem e nos perguntávamos por que estávamos caindo tanto de rendimento e nossas expectativas para o jogo do dia que foi contra o Fluminense. Nesse ínterim, tive a oportunidade de cumprimentar dois amigos meus (em uma daquelas histórias que a gente não sabe quem "adotou" quem por causa do Botafogo e esses dois irmãos, me tratam como se eu fosse irmão mais velho deles) Arthur e Kaio até iriam assistir ao jogo na leste, mas na superior e eu na inferior. Quase que imediatamente após eu conversar com esses dois, me reuni a outro amigo: Yago, que aguardava a chegada do tio e torcedor da norte, excepcionalmente iria assistir a partida (também) na leste superior. Já dentro do estádio encontrei-me com outro amigo, incentivador destas crônicas que escrevo: Lucas. Depois de muito tempo, assisti a esta partida, a este jogo com tio Nivaldo e Léo e posteriormente com outro amigo que também se chama Lucas. A confiança era grande e nos acomodamos e começamos a tal da festa que não acabaria (de várias formas) sem um final feliz...

"Ainda nos primeiros minutos do primeiro tempo em falha de jogador do Fluminense, Pimpão roubou bola no ataque, recebeu de Brenner e rolou para Marcos Vinícius abrir o placar". Deixe - me explicar algo: devido a correria do dia a dia (e sendo bem  honesto com você que está lendo), já não dá para lembrar de tudo com muita clareza e peço desculpas por isso e o fato do início do parágrafo estar entre aspas é devido ao fato de - com apenas algumas trocas de palavras - eu ter extraído a informação do aplicativo da página do Botafogo). O gol foi enganador: o Botafogo não iria jogar bem e perderia o jogo de virada! Algo que eu costumo comentar é o seguinte: fizemos uma excelente campanha na Libertadores e íamos bem na Copa do Brasil, mas o Botafogo tem seu psicológico abalado tal qual uma criança quando perde o doce que tanta queria e de birra parece esquecer-se do que vinha jogando nas competições anteriores: seu emocional (sei lá) eles mandam ir pra casa do caralho e quem sofre (e se fode) é o torcedor que ainda por cima começa a ficar desanimado, briga, xinga e volta a ter aquele pessimismo que se não for sofrido não é Botafogo e que se bobear não iremos chegar (como em outras vezes) a porra de lugar nenhum. Será que ganhando o que eles ganham (e atualmente em dia) eles, do ponto de vista ser humano, não tem o direito de sentir o baque de serem eliminados de duas importantes competições? Segundo um amigo meu, não: quem tem o direito de sentir seu psicológico abalado e também o emocional, somos nós os torcedores! Jogando bem ou da forma como jogou no último sábado, você acha que se tivéssemos feito o nosso gol mais tarde na partida, o resultado talvez pudesse ter sido diferente? Uma coisa é certa: o Fluminense (que atualmente não é isso tudo) merecia até ter ganho de mais, e outra: o Botafogo estava descansado enquanto o Fluminense vinha de um jogo desgastante no meio da semana o qual foi eliminado e eles jogaram com mais vontade do que o Botafogo que está pleiteando uma vaga no G4 rumo a Libertadores de 2018! O Fluminense teve tudo que o Botafogo abdicou de ter: vontade, determinação e...GARRA!

A arbitragem não influenciou em nada no placar do jogo: não houve lance polêmico, mas acontece que de tanto ver o Botafogo ser "garfado" nenhum árbitro para mim é de confiança, a única coisa que eu vi e não gostei foi a quantidade de faltas marcadas contra o Botafogo (mas repito: faltas que não influenciaram no placar do jogo) e a pouca quantidade de cartões, sendo que na maior parte do tempo foram dadas para o Botafogo! Mudando de assunto: Em pelo menos um dos gols, não vi como falha do Gatito, mas sim como falha da defesa e se o Gatito errou (segundo alguns nos dois gols), ainda assim, vejo que ele fez muito pelo Botafogo na temporada, é um goleiro regular e menosprezá-lo e gritar pedindo Jefferson, eu acho uma puta sacanagem, mesmo sabendo que o Jefferson é ídolo e patrimônio do clube. Será que o Jefferson não estaria jogando por, de repente estar sentindo algum tipo de desconforto na área onde ele fez a cirurgia? Não irei citar todos os jogadores, mas alguns merecem destaque de acordo com seu setor dentro de campo: Arnaldo se destacou na velocidade, mas não foi capaz de conter seu adversário; Matheus Fernandes não estava atento e foi bastante criticado pela torcida (aliás, ele é bastante criticado e não só nesse jogo); apesar do gol, muitos torcedores criticaram Marcos Vinicius, o chamando de preguiçoso por não ir em certas bolas e (algo que eu concordei) conversando com o Léo durante o jogo, é que o João Paulo faz (e fez) falta! Rodrigo Pimpão (apesar de não ter feito gol) estava jogando bem; Guilherme destoou e (pra variar) teve um lance que ele podia ter tocado a bola, assim como com outros jogadores que, ao invés de soltar a bola quer dar um passe a mais: assim não dá! Outro que se destacou foi o Brenner: como eu já disse aqui, na hora que ele se encontrar dentro do esquema tático do Jair Ventura, teremos (e veremos) coisas boas: pelo menos assim espero!

Jair Ventura foi chamado de burro pela torcida e sim, suas substituições foram equivocadas: nos últimos jogos Pimpão não vinha jogando bem, mas contra o Fluminense estava bem e a assistência ( mais uma) para o gol do Botafogo foi dele e o próprio Jair Ventura usou esse argumento para defender seu jogador! Então, por que o substituiu? E o que dizer do Brenner então? Eram duas peças que estavam se movimentando bastante no jogo! Relendo o parágrafo acima, consegui encontrar outro nome para citar de forma positiva: Bruno Silva. Quantos desses jogadores já sabem que irão embora? Quantos faltam para ter sua situação resolvida para o caso de ficar pela diretoria? Será que isso já é corpo mole? Sabemos que no futebol atual, não existe amor à camisa, é comércio, status, visibilidade...mas a partir do momento em que se está vestindo a camisa do Botafogo (e não digo nem pelo clube em si, mas por puro e simples profissionalismo) devem cumprir com aquilo que lhes é proposto: jogar futebol, até por que os salários estão em dia! Ainda dentro desse contexto eu vos pergunto: onde Jair Ventura estava com a cabeça quando expôs o Leo Valência da forma como expôs? Até onde eu sei, Leo Valência tem sim pelo menos uma assistência jogando pelo Botafogo! Será que o nosso técnico estava nervoso, abalado o suficiente para dizer as coisas que disse? Será que Leo Valência não está entrando por causa daquela expulsão? Sim, confesso que fiquei puto com aquela cena dele para depois conseguir ser expulso, mas...nada que uma boa conversa não possa resolver e outra: até onde eu sei, Jair Ventura queria que o Leo Valência viesse! O que mudou? Se é implicância ou algo pessoal, o que seria a ponto de deixar o jogador no banco e prejudicar o time? Muitas perguntas para poucas respostas não acha?

Todos nós sabemos que "se não for difícil não é Botafogo" e parece que até chegarmos até a tão sonhada vaga para a Libertadores de 2018 será assim! Mas será que em um jogo onde o Botafogo encontrou um gol rápido e fácil, precisava ter sido dessa forma? Tal atuação pífia e descompromissada foi o suficiente para que alguns torcedores se desentendessem. Haviam aqueles que achavam que tinha somente que aplaudir, incentivar e apoiar e um outro grupo que achava que tinha que vaiar sim! Tenho um amigo que certa vez me disse que o estádio é um dos poucos lugares democráticos existentes e soma-se a isso que ele disse o que um outro amigo disse também: eu pago meu ingresso e tenho o direito de vaiar! Concordo, mas até que ponto as vaias podem ser prejudicais para o time nessa reta final de campeonato? Mas até que ponto aplaudir um jogo onde perdemos sem jogar absolutamente nada se faz tão essencial assim? Enfim, após o término da partida por conta dessa divergência de opiniões, houve briga entre torcedores na arquibancada, polícia tendo que intervir com gás de pimenta e tal...

Esperamos que o movimento maior de torcedores saísse do estádio; do lado de fora ainda havia resquícios de confusão: haviam torcedores passando mal! Segui para o estacionamento onde fui encontrar - me com duas amigas: Rosilma e Nininha para voltarmos para casa...Como o próprio Jair disse: "uma noite para se esquecer". E para encerrar: como este que vos escreve não tem tv por assinatura, não haverá crônica após o término da partida entre Sport x Botafogo.


Saudações Alvinegras!

Botafogo 1 x 2 Fluminense - Atuação pífia Botafogo 1 x 2 Fluminense - Atuação pífia Reviewed by Thiago de Castro on novembro 06, 2017 Rating: 5

Nenhum comentário

Publicidade

FogoNotícias