Buscando se reinventar mais uma vez em 2017, Jair confia na força do grupo

Foto: Vitor Silva/SSPress/Botafogo
 Pela segunda vez neste Campeonato Brasileiro, o Botafogo sofreu um revés de virada jogando no Estádio Nilton Santos. Dessa vez, o carrasco foi o Vitória, que venceu o Glorioso por 3 a 2, marcando os gols do empate e da virada aos 42 e 49 minutos da etapa complementar.

Com diversas perdas durante a temporada o técnico Jair Ventura terá que se reinventar mais uma vez em 2017. Após perder nomes importantes como Sassá, Camilo, Montillo, Airton, entre outros, o comandante do Bota agora terá que lidar com a ausência do atacante Roger, que agora está na luta contra um câncer no rim direito.

Mesmo com toda a dificuldade, o Bota chegou às quartas de final da Libertadores, na semifinal da Copa do Brasil e ainda luta por uma vaga direta na Libertadores do ano que vem. Para Jair, o segredo é a força e a união do elenco.

- Vamos ver onde vamos chegar com tantas perdas. Sabemos que tem um preço, vai atrapalhar, mas vamos em frente. A nossa força é o grupo. Tenho um grupo muito bom - disse Jair, que não escondeu que troca qualquer conquista pela recuperação de Roger.

- Nenhuma situação esportiva pode estar na frente da saúde. Troco qualquer coisa desse ano ou que poderemos ter pela recuperação dele. Estamos muito otimistas na recuperação dele. E ele também está. Vamos dar força a ele. Estamos com ele. É um cara positivo e tenho certeza que vai tirar essa.

Roger foi homenageado na tarde deste domingo, no Nilton Santos
 (Foto: Vitor Silva/SSPress/Botafogo)

Além de técnico, Jair Ventura se tornou amigo de Roger e fez questão de falar da amizade e de frisar que a ausência do artilheiro do Bota na temporada será muito sentida.

- Ele vai fazer falta em tudo. É uma perda irreversível. Na ausência do Carli, ele é o capitão. Já virou meu amigo. A gente brinca que tem de ter uma distância com a imprensa e os jogadores com distância com os treinadores. Nunca saí com o Roger, mas a gente tem afinidade. É um cara que adoro, uma perda bem difícil, mas tudo que acontecer agora não será nada perto da situação de saúde – finalizou.

Buscando se reinventar mais uma vez em 2017, Jair confia na força do grupo Buscando se reinventar mais uma vez em 2017, Jair confia na força do grupo Reviewed by Igor Melo on outubro 02, 2017 Rating: 5

Nenhum comentário

Publicidade