Coluna do Careca: O melhor dos piores

Créditos: Site Botafogo
Quarta-feira, 21:45 horas, tempo frio, chuvoso, clássico e 28 mil pessoas presentes no Estádio Nilton Santos, esperando ver ao menos um vitória do Botafogo, sobre o Flamengo, para levar a vantagem para o segundo jogo. Mas o jogo foi ruim tecnicamente, e tudo terminou em um empate sem gols. Cada um pode tirar o seu ponto de vista positivo do resultado, a mim, cabe tirar do Botafogo.

Nenhum empate elimina o Botafogo de cara. O 0x0, leva a decisão para os pênaltis, qualquer outro empate com gols, o Botafogo avança para a segunda final de Copa do Brasil da sua história. Para um confronto que, nos últimos 45 jogos, tiveram 23 empates, não da pra desprezar essa vantagem.

A pressão de não sofrer gols, está toda no Flamengo, caso sofra, pode se complicar, já que o Botafogo não é um time tão fácil de ser vazado assim, apesar de jogar sem seu capitão, Joel Carli. Por outro lado, o adversário terá um goleiro que não passa confiança alguma para ninguém.

Mas será que só existe benefícios para o Botafogo diante desse 0x0? Bom, tirando o fato de jogar "fora de casa", já que a torcida do Flamengo deve comparecer em bom número, vejo o resultado de ontem como, o "melhor dos piores". Não tem nada decidido, mas considero razoavelmente boa a vantagem conseguida.

Não carreguem fantasmas de 2013 para este jogo, é outro ano, é outro Botafogo. Esse time já provou que quer fazer tudo diferente do que já foi feito, então acredite na classificação, pois ela há tempos não é tão real. Que venha quarta-feira!
Coluna do Careca: O melhor dos piores Coluna do Careca: O melhor dos piores Reviewed by Leonardo Machado on 8/17/2017 09:17:00 AM Rating: 5

Nenhum comentário

Publicidade