O que levaremos

Das coisas mais interessantes no futebol, a rivalidade sem dúvida é uma delas.
Ganhar uma partida, um campeonato ou uma classificação, implica mais do que somente comemorar. Também é provocar o adversário, e saber que despertamos nele a inveja que ele não admite sentir.

Mas o Botafogo é diferente.
Ou pelo menos tem sido.

O Botafogo que vemos hoje, é arrebatador. É quase místico.
É um Botafogo que desperta confiança, esperança, e é impossível vê-lo vencer as possibilidades, as estatísticas e as previsões, sem se sentir encantado. É um sentimento tão genuinamente desperto, que vem até mesmo quem deveria torcer contra a gente.

É tão bonito ver o Botafogo jogar, o desacreditado, o subestimado, que até dos nossos adversários, de onde deveriam vir as piadas e o a torcida contrária, vem a voz quase unânime: "Ele merece".

Eu não sei se levaremos alguma taça para General Severiano ao terminar a temporada. Mas eu sei o que nós levaremos.
Levaremos de volta o orgulho de vestir o preto e branco e de carregar a Estrela Solitária no peito.
Levaremos a certeza de que o Botafogo pode sim ocupar o lugar de Gigante que merece.
E deixaremos a descrença, as estatísticas, e o pessimismo.

Dessa vez, é diferente. E você sabe.

Este Botafogo, nos faz lembrar do porquê de sermos Botafoguenses.
E faz o Brasil inteiro querer ser um pouquinho botafoguense também.

Saudações alvinegras!



O que levaremos O que levaremos Reviewed by Diely Espíndola on 7/27/2017 06:31:00 PM Rating: 5

Nenhum comentário

Publicidade