COLUNA DO CARECA: Essa é a hora de... ter calma, Botafogo

Essa é a hora de dizer que está tudo errado, que ninguém presta e que o time todo é ruim. Essa é a hora de esquecer que o "virtualmente" rebaixado Botafogo, ainda sim, está com um pé na Libertadores do ano que vem, essa é a hora de voltar a criticar o presidente, de encher o treinador de criticas, de falar do estádio, do gramado, do planejamento e de todos os assuntos que estavam esquecidos por 7 rodadas. Essa é a hora de passar todo aquele pessimismo, toda aquela energia negativa para o time, todo aquele desânimo, de abandonar o sócio torcedor e até de torcer para o time não se classificar para Libertadores, "pois vai passar vergonha".

A torcida do Botafogo tem uma memória muito curta, infelizmente. O time estava a 7 jogos sem perder, fazendo atuações seguras, batendo adversários improváveis. O Carlos Eduardo Pereira, que nunca foi unânime, pelo menos nas últimas 7 rodadas, ganhou mais admiradores, o Jair Ventura, se tornou o melhor técnico do Campeonato Brasileiro, o Sidão o melhor goleiro, entre outras inúmeras coisas que eu precisaria de 2 dias para escrever aqui. 1 derrota é capaz de transformar todo um cenário positivo em tragédia.

Está tudo errado no Botafogo? É claro que não! Ontem, o Botafogo nem fez sua pior partida no campeonato, muito pelo contrário, já ganhamos pelo menos, uns 5 jogos jogando bem menos do que ontem. Será que alguém lembra disso? O Botafogo botou 2 bolas na trave, a primeira na falta do Camilo, poderia ter mudado a história do jogo; o Botafogo teve 10 finalizações contra 6 da equipe Catarinense e 10 escanteios contra 6 dos Catarinenses, números suficientes para comprovar a superioridade do Botafogo no jogo. Fora que o goleiro Danilo, fez pelo menos 2 grandes defesas. O Botafogo ainda alçou 31 bolas na área, mas com Pimpão e Neilton lá, vai ficar difícil fazer gols de cabeça.

O Botafogo fez um ótimo jogo então? Não, longe disso, mas merecia uma melhor sorte. Sempre existe coisas à melhorar e isso serve também para o Jair Ventura, que apesar de mostrar maturidade em suas entrevistas, também erra. O elenco tem suas limitações, isso não é mistério para ninguém, mas não é possível que o Salgueiro seja preterido pelo nosso Vinicius "hot wheels". Jair faz sempre as mesmas mudanças, não tem aberto espaço para mas ninguém no elenco. Infelizmente as vezes, precisamos de uma derrota "inesperada" para melhorarmos certos pontos também. A diretoria e a comissão técnica, tem valorizado demais certos jogadores, como se essa arrancada, fosse motivo suficiente para nos fazer acreditar que, precisamos apenas de "peças complementares" ou de "pequenos ajustes" para o ano que vem. Que o sentimento de, "o maior reforço é manter os jogadores", não tome conta de General Severiano.

Não é hora de fazer nada do que eu falei no começo do meu texto, é hora do torcedor ter equilíbrio e saber diferenciar um dia ruim e um trabalho ruim. É hora do torcedor saber diferenciar quem pode ser útil para o ano que vem, mas que também se sair, podemos arrumar coisa igual ou até melhor. É hora de apoiar e aprender a jogar mal, ou a não jogar tão bem e aprender a perder sem fazer tempestade. Para os jogadores, é hora de descer um pouco do salto, pois não conquistamos nada, o fato de terem levado o "virtual rebaixado" ao quinto lugar, não vai fazer sentido nenhum, se a vaga não for conquistada; é hora de para de achar que, "caneta e lençol" ganham jogo; é hora de ter tranquilidade, pois graças aos resultados dos concorrentes, o Botafogo ainda está bem cotado por uma vaga na Libertadores.

Domingo temos um jogo difícil pela frente, um jogo com cara de volta por cima. Não teremos Airton e Vitor Luis, suspensos com o terceiro cartão amarelo, mas vamos ter a volta do Sassá e possivelmente do Bruno Silva. Creio que Jair vai voltar ao esquema de três volantes e deve promover a entrada de Dudu Cearense com o retorno do Diogo Barbosa para a lateral. Que fique claro que, perder para o líder e "virtual" Campeão Brasileiro fora de casa, com casa cheia, não é nenhuma tragédia, muito pelo contrario, é um resultado normal. Porém, tenho total confiança que faremos um bom jogo e não vou considerar surpresa uma vitória do Botafogo.

Vou finalizar o texto com uma infeliz coincidência: sempre que o Botafogo parou por um período acima de 10 dias para treinar, o time não venceu. América-MG, Coritiba e agora a Chapecoense. Sinal que estamos aproveitando mal o nosso período de treinos? Prefiro acreditar que, isso é apenas uma infeliz coincidência.
COLUNA DO CARECA: Essa é a hora de... ter calma, Botafogo COLUNA DO CARECA: Essa é a hora de... ter calma, Botafogo Reviewed by Leonardo Machado on 11/17/2016 12:40:00 PM Rating: 5

Nenhum comentário

Publicidade