Jogamos como nunca e perdemos como sempre?

Já está copiado no meu bloco de notas essa frase: Jogamos melhor, mas perdemos. Mais um jogo que fica a sensação de "poderia ter vencido tranquilamente", depois de tomar um gol infantil no começo do jogo, mais uma vez o Botafogo teve qualquer tipo de estratégia desmontada e precisou passar o jogo todo com a responsabilidade de correr atrás do placar, isso tudo é o preço que se paga por entrar em um jogo totalmente desligado e desconcentrado.

Não achei que faltou vontade, também não achei que foi culpa do Sassá, muito menos do Renan Fonseca, isso é querer tapar o sol com a peneira. Sassá é o vice artilheiro do brasileiro, se for botar em minutos, Sassá não jogou nem uma dúzia de jogos ainda nesse campeonato. Renan Fonseca nada teve a ver com o gol sofrido ontem, tinham 300 jogadores na área e NENHUM dele marcou o Hernani, querer atribuir a culpa do gol ao zagueiro, é muita covardia e implicância. Aliás, Renan Fonseca fez ontem, uma das melhores partidas com a camisa do Botafogo.

Botafogo sofre com um problema muito sério, não tem um cara que desequilibra o jogo, que chama a responsabilidade nessas horas, que faz uma jogada diferenciada, que quebra a defesa adversária, como Neilton fez com o Palmeiras, por exemplo. Neilton não é esse jogador, vive de raros lampejos, Camilo que todos acharam que seria, também está longe disso. Camilo nunca foi craque, é até bom jogador, mas está longe de ser o que a torcida idealizou dele.

Bom, para quem estava feliz pela saída de Ricardo Gomes, tenho uma péssima noticia: Jair Ventura tem os mesmos métodos do seu antecessor. Mesma maneira de pensar, de escalar, de substituir, lógico que aqueles que odeiam Ricardo Gomes, vão ver no Jair 123 coisas que o Ricardo não tem e por ai vai.

Não tenho do que reclamar do Jair por enquanto. Meu único questionamento é sobre Carli e Leandrinho. Falar que não estão em forma, eu não acho que seja desculpa, jogador só entra em forma jogando. No caso do Leandrinho ainda vou além, ele não será titular, nem com 150% de forma, acho que dificilmente o Jair vai desmontar esse esquema com 3 volantes, principalmente se os resultados aparecerem e se quando não aparecerem, o time for bem como ontem. Minha opinião.

Chegou a hora de retornarmos a arena, nossa ultima aparição lá, nos deixa confiantes e ansiosos para o futuro. Temos três jogos seguidos lá, um pela Copa do Brasil (Cruzeiro) e dois pelo Brasileiro (Grêmio e Flu), ótima oportunidade para reafirmar o bom momento do time e ganhar moral para o resto do ano. Tenho absoluta certeza que, com 3 vitórias nossos adversários vão nos enxergar com outros olhos quando tiver que vir ao Rio. O primeiro passo é quinta, conquistando uma boa vitória, vamos renovar o gás para domingo.

Que a diretoria confie nessa torcida, facilite as coisas, ponham mais postos de vendas, ponham vendas pela internet e organize melhor aquelas bilheterias. Muitos torcedores deixam de comparecer aos jogos (principalmente meio de semana) por não terem como comprar, por falta de postos de venda, alguns não tem coragem de enfrentar a fila e a bagunça para comprar ingresso na hora. Detalhe: não precisamos nem ter bom público para termos os casos citados acima. Que cada um faça sua parte, diretoria correndo atrás para facilitar a vida do torcedor e o torcedor comparecendo e fazendo sua parte.

Como eu havia falado lá trás depois do sorteio, enfrentaremos um Cruzeiro bem diferente daquele da época do sorteio, nenhum bicho papão, mas já se ver uma organização nesse time. Temos que administrar esse cansaço, pois jogamos ontem, o Cruzeiro jogou domingo as 11, deve chegar bem mais inteiro que nosso time. Se fomos regulares e apresentarmos algo parecido com os dois últimos jogos, temos tudo para conseguir um bom resultado. Estou confiante. Vamos aguardar...

Saudações.
Jogamos como nunca e perdemos como sempre? Jogamos como nunca e perdemos como sempre? Reviewed by Leonardo Machado on 8/30/2016 11:14:00 AM Rating: 5

Nenhum comentário

Publicidade