COLUNA DO BRUNO SOUZA: A força que o Botafogo não tem

Fala galera alvinegra!
No último domingo, no empate em 2x2 com o Corinthians no Engenhão, mais uma vez o torcedor alvinegro saiu do estádio com a sensação de que o resultado do jogo poderia ter sido mais favorável ao time do Botafogo, se não fosse uma figura que era para ser pouco notada em campo, mas vem se tornando cada rodada mais notado por seus erros, o trio (ou quinteto, se considerarmos aqueles dois auxiliares que nada fazem atrás do gol, como parte integrante da arbitragem) de arbitragem.
Nos últimos anos, os erros de arbitragem contra o Botafogo vem se tornando a cada jogo mais comuns. Tenho dúvidas se isso tudo que vem acontecendo, é apenas pela deficiência técnica dos árbitros e seus auxiliares, ou se é algo premeditado nos bastidores do nosso futebol nacional. Acredito que seja pela deficiência técnica desses árbitros, mas fato é, que nos últimos três ou quatro anos, nós torcedores do Botafogo vemos e lemos matérias do tipo: "Sem erros de arbitragem, Botafogo estaria mais à frente na tabela." É claro que erros de arbitragem acontecem (e cada vez mais, pois a arbitragem vem a cada ano pior) contra todos os times, mas a impressão que fica, é que contra o Botafogo os erros são muito mais constantes e muitos desses erros vem acontecendo em momentos importantes para o clube nas competições.
Eu cobro isso desde a gestão Bebeto de Freitas, a diretoria do Botafogo tem que pressionar mais a entidade que controla a arbitragem no Brasil. Enviar ofícios demonstrando o descontentamento com os erros cometidos contra o clube, tornou-se pouco, perto de todos os erros que volta e meia ocorrem contra o Botafogo nas mais diversas competições. É preciso demonstrar que o Botafogo é grande, e como todo time grande, merece mais respeito dos árbitros. Quando eu digo respeito, me refiro à tratar os jogadores do Botafogo, como tratam jogadores de certos clubes que não tem, mas parecem ter privilégios da CBF e que deixem de ser tendenciosos em certos jogos, como foram os jogos contra São Paulo, no Morumbi e Corinthians no, Engenhão. Além disso, alguns árbitros deveriam nem ser mais escalados para jogos do Botafogo, pois já ficou claro a má vontade de alguns deles com o clube, como é o caso do árbitro Paulo Cesar de Oliveira, que claramente entra em campo para prejudicar o Botafogo.
Um clube sem força nos bastidores, como tem sido o Botafogo, não consegue conquistar seus objetivos nas competições que disputa. É preciso que a diretoria do Botafogo comece a demonstrar força nos bastidores, pois sem erros de arbitragem já é complicado, com erros de arbitragem então, complica mais ainda.
Rapidinhas:
- Novamente o técnico Oswaldo de Oliveira arrumou um jeito de cutucar a torcida do Botafogo. No final do Jogo de domingo, ele disse que as vaias ao zagueiro F. Ferreira eram prejudiciais ao time e principalmente ao jogador e que seria bom ele não ser vaiado. Oswaldo, seria bom ele fora do time. Qualquer zagueiro no lugar dele faria menos cagada.
- Bruno Mendes inscrito pelo clube para o Brasileirão, assim como William e o ridículo Rafael Marques e o nosso ídolo Túlio Maravilha foi desdenhado por essa diretoria, coisas que só acontecem no Botafogo.
- Jobson voltou e já se atrasou, gerando insatisfação no clube. Tudo isso em menos de cinco dias de clube, esse não tem mais jeito mesmo.
- Que futebol de encher os olhos vem apresentando o meia Seedorf hein galera, já valeu e muito sua contratação, ele está cada jogo melhor em campo e sua categoria vem sobressaindo cada vez mais.
Vou ficando por aqui galera, comentem sobre a coluna dessa semana. Abraços e saudações alvinegras!

COLUNA DO BRUNO SOUZA: A força que o Botafogo não tem COLUNA DO BRUNO SOUZA: A força que o Botafogo não tem Reviewed by bcfsouza on setembro 27, 2012 Rating: 5

Nenhum comentário

Publicidade

FogoNotícias