COLUNA DO BRUNO SOUZA: É a vez da base

Fala galera alvinegra!
Eu venho à algumas colunas, dizendo que o ano de 2012 acabou para o Botafogo e que essa diretoria jogou todo o trabalho desse ano no lixo, ao cometer erros que já foram ditos e repetidos aqui nesse espaço.
Eis que devido ao baixo nível técnico desse campeonato, o time do Botafogo volta a ter chances de classificação à libertadores de 2013, o que em partes salvaria o ano alvinegro no futebol. Eu continuo afirmando aqui, que esse time não vai à lugar algum. Da mesma forma que vem de uma série boa de jogos sem perder, daqui à duas ou três rodadas deverá começar a cair de rendimento novamente, pois a tônica do time do Botafogo em 2012 é a irregularidade (deixo bem claro aqui, que eu não estou torcendo para isso acontecer, pois sou botafoguense apaixonado e quero que o fogão sempre vença, mas também vejo a realidade do nosso time).
Dito isso vamos agora ao tema que eu escolhi essa semana para escrever. Se o time do Botafogo voltou a ter pretensão de algo mais na competição, muito se deve a garotada da base do Botafogo.
Muitos irão dizer que Seedorf e Andrezinho estão comandando o time do Botafogo e é verdade, mas quem vem segurando a barra com todos esses desfalques que o Botafogo vem tendo é a garotada, que agora vem conquistando seu espaço no clube. Uma das promessas de campanha do presidente Maurício Assumpção era a valorização da base e isso vem sendo cumprido. Mesmo eu acreditando que esse espaço conquistado pelos jovens, tenha sido conquistado mais à força (devido as várias contusões que assolam o elenco alvinegro) do que devido a boa vontade de quem comanda o clube em dar chances no time principal aos jovens, é inegável que a base alvinegra vem sendo melhor tratada na gestão Maurício Assumpção e essa é no momento, uma das poucas virtudes dessa gestão.
Jovens jogadores como Jadson, Cidinho, Gabriel, Jeferson paulista, Dória e Sassá demonstram que a cada jogo eles se tornam mais importantes para o elenco alvinegro e o mais importante do aproveitamento das jovens revelações no time principal, é que os garotos tem dado uma boa resposta dentro de campo e não tem saído queimados, mesmo alguns deles entrando no time em situações difíceis, como foram os casos de Jadson (que fez sua primeira partida como titular na final do estadual) e de Dória (que teve que segurar a barra da defesa alvinegra, que é uma das mais vazadas do Brasileirão) e ambos os jogadores mostraram que deram conta do recado.
A base tem sido valorizada, mas é preciso agora valorizar de verdade os jovens jogadores. Com a recuperação de lesões de alguns medalhões do elenco alvinegro, a tendência seria os garotos voltarem para o banco, mas eles mostraram serviço quando o time mais precisou, portanto não haverá valorização maior desses jogadores, do que deixar os garotos que estão desempenhando um bom papel, como titulares do time.
A valorização já começou, mas não pode parar por aí, deixem os garotos como titulares, pois eles fizeram por merecer!

Rapidinhas:
- Essa semana, o técnico Oswaldo de Oliveira concedeu entrevista onde falou sobre a saída de Loco Abreu do clube. Não mudou minha opinião, continuo vendo o técnico como o vilão dessa história toda.
- O lateral-direito Lucas foi convocado pelo técnico da seleção, Mano Menezes, para os jogos da Copa Roca. Onde esse mundo vai parar? Alias quem merecia uma convocação era o lateral-esquerdo Márcio Azevedo.

COLUNA DO BRUNO SOUZA: É a vez da base COLUNA DO BRUNO SOUZA: É a vez da base Reviewed by bcfsouza on setembro 14, 2012 Rating: 5

Nenhum comentário

Publicidade

FogoNotícias